Assine

Tosse em cachorros pode ser sinal de doenças ligadas ao coração

Especialistas reforçam a necessidade de diagnostico pontual

A tosse em cães é uma condição que necessita de extrema atenção dos tutores, já que pode significar que o animal tenha adquirido alguma doença. O que reforça a necessidade de um diagnostico pontual, para não ser confundida com gripes ocasionadas por vírus e bactérias.

De acordo com o médico-veterinário Lucas Angelis, cães com tosse representam 95% dos pacientes respiratórios, no entanto, muitas vezes são medicados sem uma avaliação cardiológica, levantando questões importante de análise.

“Antes de tudo, a questão é analisar o quanto a tosse é variável, visto que podem ser doenças diferentes. É necessário entender a dinâmica dessa tosse, se é aguda ou crônica, se é de manhã e à noite. Assim, é possível entender a extensão da tosse. Outro ponto é avaliar a relação ventilação/perfusão. Depois dessa análise, é necessário avaliar se o sistema cardiovascular está comprometido e é importante realizar o ecocardiograma”, afirma.

Para a médica-veterinária da Sociedade Brasileira de Cardiologia Veterinária (SBCV), Iara Inácio Pereira, que  reforça o alerta feito pelo veterinário, a tosse em cães pode estar associada à sete possibilidades, sendo a maioria ao coração e a principal delas à doença da valva mitral, que dilata o órgão e leva à tosse. “Os primeiros passos são pensar na idade e raça do animal, já que a doença mitral costuma atingir pacientes por volta dos setes anos, de raças de pequeno porte”.

Caso o cachorro apresente a condição, os especialistas indicam que a ida ao veterinário seja breve, junto da execução de todos os exames.

Seja o primeiro a comentar
Seu comentário foi enviado. Aguarde aprovação.
Erro ao enviar o comentário. Por favor, preencha o captcha e tente novamente.