Assine

Tucanos e araçaris podem ser infectados por verminose Capilariose

A infecção ocorre pela ingestão de água ou alimento contaminados

Talvez, nem todo mundo saiba que os ranfastídeos fazem parte da família Ramphastidae a qual é constituída por seis gêneros e, aproximadamente, 33 espécies representadas, principalmente, pelos tucanos e araçaris, que possuem como característica marcante o bico longo e, geralmente, cores exuberantes.

Estes animais são particularmente susceptíveis à capilariose, uma verminose causada por espécies de nematelmintos do gênero Capillaria, que pode ser a principal causa de mortalidade dessas aves em cativeiro no Brasil e pode afetar como psitacídeos, galiformes e passeriformes.

Fatores predisponentes à capilariose envolvem a patogenicidade do agente, higiene do local e dos utensílios que as aves possuem contato, bem como, o estado imunológico das mesmas, sendo fatores fundamentais para o desenvolvimento da sintomatologia clínica, que pode variar de aguda a crônica.

A infecção ocorre pela ingestão de água ou alimento contaminados com ovos infectantes de Capillaria spp. e, assim, no intestino da ave, os ovos eclodem e desenvolvem-se até os parasitos adultos. Portanto, a ave começa liberar ovos por meio das fezes e contamina o ambiente e a doença é transmitida para outras aves, por isso, é comum em aves de cativeiros.

Saiba como é realizado o diagnóstico e em que consiste o tratamento dos animais acometidos, na edição de maio da C&G VF. Clique aqui.

Fonte: Redação Cães&Gatos VET FOOD. 

Seja o primeiro a comentar
Seu comentário foi enviado. Aguarde aprovação.
Erro ao enviar o comentário. Por favor, preencha o captcha e tente novamente.