Assine

Veterinária aponta os cuidados na gestação de cadelas e gatas

Período pode durar até 63 dias e é indicado um acompanhamento profissional

Seguindo às ordens da natureza, assim como ocorre em mulheres, tudo muda em uma fêmea quando engravida, o útero incha, as mamas aumentam e também há alterações no comportamento. Por isso, é necessário tomar algumas precauções durante a gestação, para que o parto tenha menos riscos tanto para a mãe quanto para os filhotes.

A médica-veterinária e fundadora da Vet Lar, Natasha Jeronimo, explica que, após a suspeita ou constatação da gestação, é importante procurar o acompanhamento veterinário para realização da ultrassonografia, que deve ser realizada por volta do 21º dia da gestação. Assim que confirmada, é necessário mudar a dieta do animal, para uma ração que tenha mais vitaminas e proteínas, para ajudar no desenvolvimento dos fetos. “Além disso, há a possibilidade de precisar de suplementos vitamínicos, tanto para auxiliar o desenvolvimento do filhote, como preparar a fêmea para a amamentação. O acompanhamento ainda pode evitar doenças como eclampsia e hipocalcemia (falta de cálcio para produção de leite)”, destaca.

Para quem está planejando a gravidez da pet, Natasha afirma que é muito importante saber se o animal está saudável antes, principalmente porque, diferente dos humanos, é comum que as fêmeas engravidem de muitos filhotes, chegando a ter uma gestação com até 12 bebês. O parto de um animal pode durar até 24 horas, por isso, é importante ter o acompanhamento com um veterinário, pois o desgaste é muito grande.

Se um feto morrer e não conseguir sair do ventre no momento do parto, ele pode bloquear a passagem dos outros bebês e precisar de uma intervenção cirúrgica. Os bulldogs, por exemplo, por uma questão genética, precisam de cesárea. “Vale lembrar que uma fêmea só pode reproduzir depois dos dois anos de idade, porque, antes disso, o corpo do animal não está preparado para a gestação”, finaliza.

Fonte: AI, adaptado pela equipe Cães&Gatos VET FOOD.

LEIA TAMBÉM:

Pets anões: condição oferece algum risco à saúde?

Royal Canin realiza Fórum Internacional Veterinário gratuito

Covid-19: transmissão interespécies será analisada por estudo

Seja o primeiro a comentar
Seu comentário foi enviado. Aguarde aprovação.
Erro ao enviar o comentário. Por favor, preencha o captcha e tente novamente.