Assine

Oftalmologia veterinária conta com nova terapia para edema de córnea

Segundo profissional, novo tratamento é uma opção melhor para os pets

Médicos-veterinários, muitas vezes, recebem reclamações de tutores que afirmam que os olhos do cão estão “turvos” e “azulados” e que o animal começou a apresentar os sinais clínicos há alguns meses e estão piorando. 

Alguns proprietários acreditam que o animal esteja assim por conta da idade e que o cão esteja desenvolvendo catarata, levando ao médico-veterinário apenas quando os sinais já estão graves. 

Essa situação em que o profissional se depara é conhecida como edema de córnea, cuja ocorrência é comum no cão e no gato, segundo o oftalmologista Veterinário da Vetweb Oftalmologia Veterinária (Curitiba/PR), João Alfredo Kleiner. 

O tratamento pode ser realizado tradicionalmente com tratamento da causa de base e ainda com agentes hiperosmóticos tópicos (cloreto de sódio). Vale ressaltar que, segundo o médico-veterinário, que o prognóstico em relação ao tratamento cirúrgico é bom desde que realizado por um cirurgião oftalmologista especializado. 

Porém, Kleiner traz uma novidade na clínica oftálmica de pequenos animais, o uso de flap Gundersen, uma opção melhor, na opinião do profissional, do que os agentes hiperosmótico. 

Confira a reportagem completa na edição deste mês da C&G VF. Clique aqui.

edema clinica
Reportagem está disponível na íntegra na edição de junho da C&G VF. Acesse em revistacaesegatos.com.br

Fonte: Redação Cães&Gatos VET FOOD.

Seja o primeiro a comentar
Seu comentário foi enviado. Aguarde aprovação.
Erro ao enviar o comentário. Por favor, preencha o captcha e tente novamente.