Assine

Olhos coloridos em cães e gatos podem ser sinal de doenças

Heterocromia é uma mutação genética que altera as cores dos olhos

A heterocromia é uma mutação genética que, apesar de causar uma bela aparência, pois causa variação da coloração entre duas íris ou em partes de uma íris, pode ser sinal de algum problema de visão ou adição. 

De acordo com a médica-veterinária, especializada em Oftalmologia, Paula Stieven Hünning, o animal nasce com as íris de cores diferentes na forma congênita e pode desenvolver uma coloração anormal diante de processos inflamatórios e/ou neoplásicos da íris. “A heterocromia decorre do amadurecimento incompleto ou da ausência de grânulos de pigmento no estroma da íris ou na camada pigmentar anterior”, acrescenta. 

A médica-veterinária explica que, normalmente, a heterocromia não tem relação com perda auditiva ou visual, a não ser que esteja relacionada a alguma síndrome ou processo inflamatório ocular que leve à perda de visão. Segundo ela, para avaliar a audição em cães e gatos, existe um exame chamado potencial auditivo de tronco encefálico. É um teste aplicado sob sedação do paciente, para verificar o potencial auditivo ao estímulo sonoro. O exame é capaz de verificar déficit auditivo ou surdez. 

Leia a reportagem completa na edição de outubro da C&G VF. Clique aqui

Fonte: Redação Cães&Gatos VET FOOD. 

Seja o primeiro a comentar
Seu comentário foi enviado. Aguarde aprovação.
Erro ao enviar o comentário. Por favor, preencha o captcha e tente novamente.