Assine

Parcerias com digital influencers ampliam visibilidade de veterinários

Aumento de seguidores resulta, consequentemente, em novos clientes

Cláudia Guimarães, da redação

claudia@ciasullieditores.com.br

Estando dentro de um cenário onde há mais de 300 faculdades de Medicina Veterinária no País, que já formaram cerca de 180 mil profissionais, dos quais 121 mil estão ativos, os médicos-veterinários têm um desafio: se destacar e buscar, cada vez mais, proximidade aos tutores de animais de companhia.

Para isso, estar ativo nas redes sociais e manter um canal de comunicação com possíveis clientes e buscar potenciais parcerias com influenciadores digitais se apresenta como boa aposta para ampliar suas oportunidades de trabalho.

A médica-veterinária Andréa Pimentel se arriscou na web e firmou uma parceria com a youtuber Bianca Andrade, conhecida como Boca Rosa, para cuidar de seu gato filhote. “Sendo eu ativa nas redes sociais, com blog, canal no Youtube e perfil no Instagram, fui contatada por um membro da equipe de Bianca após ela ter adotado o felino”, narra.

parceriabianca
Parceria entre Andréa e Bianca Andrade não
inclui pagamento pecuniário (Foto: divulgação)

A profissional realizou atendimento clínico veterinário ao pet, conduzindo consultas e vacinas, e, ainda, auxiliou a youtuber em todas as suas dúvidas sobre a parte nutricional do animal. “A palavra que traduz minha interação com Bianca Andrade é confiança. Ela tem total segurança em minha conduta veterinária e, por ser uma tutora cuidadosa e responsável com seus gatinhos, segue todas as minhas orientações. Bianca, assim como eu, possui um amor todo especial com os animais”, afirma.

O esquema de parceria entre Andréa e Bianca não inclui pagamento pecuniário, de acordo com a veterinária. “Ou seja, realizo as consultas e serviços domiciliares e, em contrapartida, ela faz divulgações pontuais em suas redes sobre o meu trabalho”, revela. A cada citação da youtuber, a profissional alcança um aumento de 15% a 20% de seguidores no Instagram e 50% nas visualizações dos stories. “Tenho notado que alguns novos seguidores e clientes fazem comentários sobre o fato de eu ser a veterinária dos pet´s das blogueiras”, adiciona.

Na visão de Andréa, a parceria entre médicos-veterinários e influenciadores digitais significa proporcionar maior divulgação do trabalho clínico, o que possibilita levar orientações de forma rápida e ampla, ao maior número de seguidores. “Esses conhecimentos abordam desde dicas sobre a forma de lidar com cães e gatos, até comportamento, manejo, alimentação e cuidados com a saúde, destacando a importância do papel do veterinário na saúde pública”, defende.

Para a profissional, o veterinário que constitui essa relação firma sua marca profissional em uma rede ampla de seguidores, facilitando a divulgação de seu perfil profissional. “Estar presente nas redes é uma forma importante de divulgar informações sobre vacinação, prevenção de doenças, zoonoses, sinais e sintomas que despertam o tutor (influenciador ou não) a procurar um médico-veterinário”, alega, mas adiciona que é preciso realizar um bom trabalho antes de visar reconhecimento na internet.

O vínculo com Bianca Andrade, após a realização de seu trabalho, rendeu bons resultados à Andréa: “A parceria gerou o estabelecimento de contatos com outras digital influencers tutoras de animais, o que ampliou minha participação nas redes sociais com consequente divulgação de minha assistência”, conta. As blogueiras e youtubers Raka Minelli, Andressa Chaban, Amanda Morbeck, Caroline Lima, entre outras, solicitaram o atendimento da veterinária a seus pets. “Com isso, além de novos clientes para atendimento, houve um incremento de seguidores em meu canal, onde dou dicas para tutores de cães e gatos”, insere.

No entanto, Andréa considera válido ressaltar que participar da mídia digital pode ser tanto positivo quanto negativo: “Os elogios vêm tão rápidos quanto as críticas, ou seja, o profissional que entrar nesse meio deve postar assuntos que espelham densidade técnica e ter muito zelo no que diz, assim como deve fazê-lo em sua vida profissional fora da web”, recomenda.

Seja o primeiro a comentar
Seu comentário foi enviado. Aguarde aprovação.
Erro ao enviar o comentário. Por favor, preencha o captcha e tente novamente.