Assine

Pesquisa revela a percepção do brasileiro sobre médicos-veterinários

Principais motivos para a procura do profissional também são apontados

Ao longo dos mais de 46 anos de profissão regulamentada, os médicos-veterinários vêm mostrando a importância de seu trabalho para o desenvolvimento econômico e social do Brasil, por meio dos serviços prestados à sociedade no cuidado com a saúde e bem-estar dos animais, preservação da saúde pública, produção de alimentos saudáveis e em atividades voltadas para garantir a sustentabilidade ambiental do planeta, atuando em mais de 80 especialidades.  

atendimento vet
Consulta de rotina e vacinação estão entre
os principais motivos de visita
ao veterinário (Foto: reprodução)

Com a proximidade da data dedicada ao veterinário, comemorada no Brasil em 09 de setembro, uma importante reflexão se faz necessária: o brasileiro reconhece a importância deste profissional para a saúde e bem-estar dos pets? O tema foi destaque em uma pesquisa, encomendada ao IBOPE Inteligência pelo Centro de Nutrição e Bem-estar Animal Waltham (Inglaterra), parte da Mars, Incorporated. O estudo revelou que a frequência de ida à clínica veterinária, incluindo serviços de higiene e cuidados com a saúde, é maior entre os tutores de cães do que entre os tutores de gatos: a média é de 2,8 vezes por ano contra 2,3 por ano, respectivamente. 

Entre os principais motivos que levam o tutor a procurar o profissional estão: consulta de rotina e vacinação, aparecimento de doenças, higiene e emergência. Outros pontos interessantes foram identificados, como o fato de o médico-veterinário ter sido apontado como a principal fonte de informação para os tutores. Fatores sobre o profissional também identificados, entre eles, a importância reconhecida de realizar a vacinação sempre com um veterinário, animais de raças precisam visitar mais o consultório, já que possuem mais problemas de doenças do que os animais sem raça definida, a percepção de que ter gatos é mais barato porque raramente adoecem e necessitam de idas ao consultório veterinário e outros. 

A pesquisa mostrou que a maioria dos brasileiros tutores desses cães é homem, casado, mora com mais de uma pessoa e é de classe AB. Já os tutores de gatos são, em sua maioria, mulheres, solteiras, que moram em apartamentos e são de classe BC.

Fonte: AI, adaptado pela equipe Cães&Gatos VET FOOD.

Seja o primeiro a comentar
Seu comentário foi enviado. Aguarde aprovação.
Erro ao enviar o comentário. Por favor, preencha o captcha e tente novamente.