Assine

Primeira semana de trabalho do CFMV marca integração

Aproximação das regionais frisa importância da unidade na gestão

A gestão 2017-2020 da diretoria e conselheiros do Conselho Federal de Medicina Veterinária (CFMV, Brasília/DF) já teve início e promoveu, em sua primeira semana de trabalho, reuniões entre diretores e presidentes de Conselhos Regionais de Medicina Veterinária (CRMVs), além de encontros com diferentes áreas do Conselho e debates de assuntos relevantes para o Sistema CFMV/CRMVs. A ideia, segundo a diretoria, é que o trabalho seja marcado pela transparência, inovação e integração.

O presidente do CFMV, Francisco Cavalcanti de Almeida, recebeu, no dia 19 de dezembro, o primeiro presidente de regional, Laurício Monteiro Cruz, do Conselho do Distrito Federal (CRMV-DF), que manifestou apoio à nova gestão. Na ocasião, foram debatidos aspectos administrativos e a revisão de legislações ligadas ao Sistema.

cfmv-df-divulgacao

Presidente do CFMV, Francisco Cavalcanti de Almeida; vice-presidente do CFMV, Luiz Carlos Tavares; e presidente do CRMV-DF, Laurício Monteiro Cruz (Foto: divulgação)

Já nesta quinta-feira (21/12), o CFMV recebeu o presidente do CRMV-RS, Air Fagundes dos Santos, em sua sede. Ele revela que sua expectativa em relação a esta nova gestão é grande. “Em primeiro lugar, eu me sinto em casa aqui no CFMV como nunca senti. Fui professor universitário durante 30 anos. Pela primeira vez, me sinto bem-vindo”, divulga. Santos esclarece que veio do Rio Grande do Sul a Brasília também para fazer sugestões e relatar suas principais preocupações com a Medicina Veterinária e Zootecnia no Estado. “Preocupa-me, pois, muitas resoluções contrariam as leis. É muito delicado para nós como gestores, porque a lei está acima da resolução. Isso cria um mal-estar dentro no CRMV, entre os setores, conselheiros e diretoria”.

cfmv-rs-divulgacao

“Gostei muito da primeira frase em seu discurso de posse semana passada; o senhor disse que o sistema é de todos. Pela primeira vez estou ouvindo isso. Sempre achei que a função do CFMV, que é fiscalização, estava desvirtuada. Esse deve ser é o eixo central. A sociedade quer serviços e produtos de qualidade”, disse Santos ao presidente do CFMV (Foto: divulgação)

Nos primeiros dias de trabalho, o presidente do CFMV, Francisco Cavalcanti de Almeida, também tomou decisões sobre a regulamentação do Sistema, com a revogação da Resolução CFMV nº 1200/2017, que instituía as Juntas Governativas dos Conselhos Federal e Regionais. As juntas teriam como responsabilidade administrar os Conselhos no caso de término de mandato.

Além disso, foram tomadas providência imediatas relativas à atualização de dados dos gestores junto aos bancos, para garantir que todos os compromissos fossem cumpridos. 

A diretoria também conheceu, ao longo da semana, mais sobre a organização e dinâmica dos setores de trabalho da autarquia. No primeiro dia de trabalho, os quatro diretores se apresentaram ao corpo funcional, se reunindo posteriormente com todas as áreas do CFMV. O objetivo, segundo o vice-presidente Luiz Carlos Tavares, é estabelecer uma relação de maior proximidade com a equipe.

Para o próximo ano, a diretoria já definiu as datas das primeiras plenária e Câmara Nacional de Presidentes, que estão previstas, respectivamente, para o final de janeiro e fevereiro de 2018.

Fonte: CFMV, adaptado pela equipe Cães&Gatos VET FOOD.

Seja o primeiro a comentar
Seu comentário foi enviado. Aguarde aprovação.
Erro ao enviar o comentário. Por favor, preencha o captcha e tente novamente.