Assine

Processo de moagem de ração permite maior ação de enzimas digestivas

Avaliações periódicas das máquinas devem ser realizadas para evitar problemas

As características físicas de uma alimento para cães e gatos exercem um importante papel na escolha, aceitabilidade e aproveitamento das rações. A adequada redução no tamanho da partícula permite maior gelatinização do amido e, consequentemente, uma melhor ação das enzimas digestivas. 

O principal método de redução do tamanho das partículas em um fábrica de rações de cães e gatos é a moagem, com a utilização de sistemas de moinhos de martelo. Segundo BELLAVER & NONES (2000), a moagem e a mistura dos ingredientes em uma fábrica de ração e a consistência desses processos produz forte impacto na qualidade final dos produtos e na digestibilidade dos nutrientes. A redução do tamanho das partículas tem como principais funções no processo proporcionar uma mistura homogênea dos ingredientes e facilitar sua extrusão. 

A mistura (ingredientes) que será moída entra na câmara de moagem por ação da gravidade, guiados por uma rosca alimentadora, encontrando os martelos que estão em alta rotação. Esse primeiro contato reduzirá o material ao estado semi-moído ou moído, devido ao grande diferencial de velocidade entre os martelos e a mistura que entra. O atrito gerado entre os ingredientes e a peneira irá proporcionar a redução do tamanho das partículas. 

Interessado em saber os detalhes dos processos? Leia o artigo completo na edição de setembro da C&G VF. 

Fonte: Redação Cães&Gatos VET FOOD. 

Seja o primeiro a comentar
Seu comentário foi enviado. Aguarde aprovação.
Erro ao enviar o comentário. Por favor, preencha o captcha e tente novamente.