Assine

Profissionais comentam a utilização de meloxicam no tratamento de pets

Meloxitabs, do Biovet Vaxxinova, oferece analgesia sem efeitos colaterais

biovet800x80

Cláudia Guimarães, da redação

claudia@ciasullieditores.com.br

Alguns casos podem chegar com frequência à sua clínica, como um cão que sofreu uma queda ou trauma, um gato que apresenta sedentarismo ou outro que, por conta do avanço da idade, já demonstra alguns sinais de que sua saúde ortopédica já não é mais como antigamente. Para facilitar a indicação um fármaco para tratamento, inclusive pós-cirúrgico, o Biovet Vaxxinova conta com o Meloxitabs.

Segundo o gerente de Marketing da Linha Pet do laboratório, Leandro Venditti, as alternativas terapêuticas mais rotineiras para alguns quadros, como displasia coxofemoral, artrose, hérnia de disco, displasia do cotovelo, entre outras, são os tratamentos médico e cirúrgico. “O veterinário pode eleger o uso de fármacos anti-inflamatórios não esteroidais seletivos COX-2 e ações complementares como: redução de peso, fisioterapia, nutrição e suplementação adequada. As opções cirúrgicas são indicadas de acordo com a necessidade e a gravidade do caso”, menciona.

ortopedia19
Displasia coxofemoral, artrose, hérnia de disco, displasia
do cotovelo e outros podem ser tratados com Meloxitabs
(Foto: reprodução)

Para isso, o Meloxitabs, segundo Venditti, é indicado como analgésico, anti-inflamatório e antiexsudativo para cães e gatos, sendo especialmente apropriado para patologias dolorosas ou degenerativas, agudas ou crônicas. “Isso porque a molécula meloxicam é amplamente utilizada na rotina da clínica, muito pela sua eficácia, mecanismo de ação e segurança”, assegura e, ainda sobre o medicamento, adiciona que um ponto  a ser considerado é em relação à dor: “O tratamento do animal com inflamação envolve dois objetivos: em primeiro lugar, aliviar a dor; em segundo lugar, retardar ou interromper o processo responsável pela lesão tecidual”, frisa.

Descrição. Venditti revela que o produto possui três apresentações, sendo de 0,5; 2 e 4mg, o que possibilita atender diferentes portes de cães e gatos, já que trata, respectivamente, 5, 20 e 40kg, indicando um bom custo benefício. “Outro ponto é o fato de o comprimido ser palatável, o que torna o ato de administração do medicamento mais fácil”, destaca.

O meloxicam possui meia vida de 12 a 36 horas, alta biodisponibilidade, quando administrado por via oral, e meia vida de eliminação longa, como explicado pelo porta-voz do laboratório.

Além desses benefícios, a solução inibe, ainda, a infiltração de leucócitos no tecido inflamado e previne a destruição óssea e cartilaginosa que ocorre nos processos degenerativos ósseos e cartilaginosos. “Anti-inflamatórios não esteroides (AINEs) não seletivos que inibem a COX-1 geram diversos efeitos colaterais, entre eles: gastrites difusas, erosões gástricas, ulcerações”, descreve.

meloxi
Opções do produto atende diferentes portes de cães e gatos (Foto: divulgação)

Relato de uso. “Palatabilidade” é a palavra-chave quando o assunto é Meloxitabs, na visão da médica-veterinária clínica e cirúrgica de pequenos animais, Juliana Cristina de Oliveira Pierre. “Além de o meloxicam ser um princípio muito importante na saúde animal, a facilidade de administração, por conta da palatabilidade do Meloxitabs, é um grande diferencial”, aponta.

A profissional lembra que, logo que se formou, existia no mercado um laboratório que comercializava comprimidos palatáveis de meloxicam, mas, com o tempo, tal produto foi ficando escasso e não era mais encontrado nas prateleiras. “Depois de um tempo, soube do Meloxitabs por meio de vendedor externo na região de Campinas (SP), que me apresentou o produto e, após testar com alguns animais, não deixei mais de prescrever”, compartilha. Na avaliação da veterinária, o medicamento cumpre completamente com o propósito de ser um anti-inflamatório potente e de fácil administração. “A palatabilidade do comprimido aumenta a aceitação do animal e, por consequência, a adesão do tutor ao tratamento”, afirma.

A utilização do medicamento é muito vasta na rotina de Juliana, pois é sua escolha para o pós-operatório das mais variadas naturezas, principalmente castrações eletivas. “Certa ocasião, uma paciente apresentou piometra e teve de ser operada às pressas. Não era uma tarefa fácil oferecer medicação para ela, no entanto, dessa vez, aceitou tão bem o Meloxitabs que fiz até um vídeo mostrando que ela comia o comprimido puro, sem nenhuma resistência. Após três dias de medicamento, o pet estava em perfeito estado de saúde, sem dor ou inflamação na ferida cirúrgica”, narra.

Tendo essa e outras experiências positivas, Juliana faz questão deixar registrada sua satisfação com os produtos do Biovet Vaxxinova, em especial com o Meloxitabs. “Ele é um grande aliado dos médicos-veterinários para o tratamento de diversos tipos de inflamação e dor, por sua eficiência e diferencial pela alta palatabilidade”, finaliza.

Seja o primeiro a comentar
Seu comentário foi enviado. Aguarde aprovação.
Erro ao enviar o comentário. Por favor, preencha o captcha e tente novamente.