Assine

Projeto Renova Campus visa valorizar ensino veterinário no Brasil

Ideia é proporcionar melhorias em todas as universidades públicas

Cláudia Guimarães, da redação

claudia@ciasullieditores.com.br

Muito se fala sobre a desvalorização da classe veterinária. Diante disso, o co-fundador do Vet Smart (São Paulo/SP), Bruno Ducatti, buscou entender a situação, não só da parte dos profissionais formados, mas, também, do ponto de vista dos estudantes, após adquirir uma rotina de visitas em universidades para projetos de conteúdo de sua empresa.

“O ensino pode ser melhorado se as empresas se aproximarem dessas instituições com planos de colaboração bem executados e constantes”, garante. Com este pensamento, a equipe da Vet Smart montou o Projeto Renova Campus com a missão de retribuir a presença constante dos estudantes de Medicina Veterinária nas plataformas da empresa. A iniciativa conta com parceria de companhias que compartilham sua visão: valorizar as universidades públicas e, consequentemente, o ensino na Medicina Veterinária no Brasil.

Para isso, a ideia é percorrer o mapa brasileiro identificando oportunidades nas universidades e promovendo melhorias. A proposta inicial, segundo o empreendedor, é atuar em uma instituição por semestre. “Sabemos que o trabalho será complicado, pois possuímos mais de 200 instituições de ensino superior na área de Medicina Veterinária”, avalia.

vetsmart
Toda a equipe da Vet Smart está envolvida no
projeto em prol de melhorias para as
universidades (Foto: C&G VF)

Além de angariar parceiros para doações de produtos e equipamentos, o projeto, segundo o publicitário, deseja incentivar pessoas a colaborarem com os grupos de estudos. “Também queremos promover palestras extracurriculares de grande relevância de acordo com a região onde cada universidade está inserida”, revela.

O profissional conta que o projeto já recebeu diversas requisições de instituições de ensino de Minas Gerais, Ceará, Rondônia e Goiás que desejariam aderir à ação. “Gostaríamos muito de atender todas. Será um trabalho árduo e gradativo, mas acreditamos que nosso exemplo inspire outras iniciativas”, acredita.

Todo bom projeto precisa de bons parceiros. Para isso, Ducatti possui bom relacionamento com as empresas Delta Life (São José dos Campos/SP), Virbac (São Paulo/SP) e Royal Canin (Descalvado/SP), que demonstraram aceitação positiva diante da proposta de parceria. “Assim, pretendemos melhorar o ensino por meio da experiência prática com o uso dos produtos e equipamentos doados, estimulando outras iniciativas similares, além de injetar alegria e autoestima nos estudantes”, expõe.

O início do projeto se deu no dia 23 de novembro, na Universidade Federal de Lavras (UFLA, Lavras/MG), onde ocorreu uma cerimônia envolvendo reitoria, diretoria, professores, residentes e alunos da universidade, somando cerca de 50 pessoas. Quando questionado sobre o motivo da escolha dessa instituição para iniciar o projeto, Ducatti afirma que foi por conta dos colaboradores que a Vet Smart já possui dentro do local. “Além disso, fomos muito bem aceitos pela professora Ruthnéa Aparecida Lázaro Muzzi em uma visita que realizamos em abril deste ano. A docente teve participação decisiva para o avanço e concretização do projeto”, destaca.

Foram cinco meses trabalhando e negociando com as empresas parcerias e reitoria da universidade para que desse tudo certo. No encontro, foram expostos os ideais do projeto, bem como os produtos doados. Ducatti conta que a Royal Canin doou a Linha Gastro Intestinal, composta por alimentos secos e úmidos para cães e gatos, a Virbac enviou os medicamentos Zoletil, Rilexine injetável, Shotapen, Agroplus, Effipro, Endogard e Milteforan e a Delta Life os aparelhos de anestesia inalatória com ventilação, o principal para UTI, Foco Cirúrgico Bicolor - Pedestal Vet, Foco Cirúrgico Bicolor - Teto Vet, Monitor DL600 - Eletrocardiógrafo Vet, Monitor DL1000 - Monitor multiparamétrico touch screen Vet.

Seja o primeiro a comentar
Seu comentário foi enviado. Aguarde aprovação.
Erro ao enviar o comentário. Por favor, preencha o captcha e tente novamente.