Assine

Revelação de veterinário sobre eutanásia de pets emociona internautas

90% dos tutores não querem presenciar o procedimento e deixam pets sozinhos

Quem possui um animal de estimação sabe que, quando não há outra opção, o veterinário irá sugerir a eutanásia. Nos últimos momentos dos animais, muitos tutores escolhem não acompanhar esse procedimento. Mas será que essa é a decisão certa? A resposta de um veterinário está chamando atenção no Twitter e emocionando muitos internautas. 

Uma usuária disse que questionou seu veterinário sobre qual era a coisa mais difícil do trabalho do profissional, que lida diariamente com os mais variados pets. A resposta do rapaz surpreendeu a internauta. Ele disse que, quando ele precisa “colocar um animal para dormir” com remédios, 90% dos proprietários não querem estar no mesmo ambiente. Então, nos últimos momentos de vida, os animais ficam procurando os donos freneticamente. 

A revelação chamou atenção na internet e acumula 140 mil curtidas até o momento. A internauta, então, revelou que a descoberta mudou sua visão sobre o assunto: “É por este motivo que vou ficar ninando o meu cachorro Rick quando a hora dele chegar, com todos os brinquedos dele e carinhos infinitos nas orelhas, independentemente do quão destruída eu vou estar”, declarou Jessica Dietrich. Após a repercussão do post, ela pediu desculpas aos internautas: “Não queria deixar tanta gente chateada, eu só queria conscientizar as pessoas”, disse. 

Nos comentários, uma internauta revelou que tem outra experiência na área: “Sou veterinária. Eu diria que 80% dos donos escolhem estar presentes. Mas nós damos uma injeção para que eles durmam primeiro (como uma anestesia para cirurgia), assim a transição é mais suave e os donos não precisam fazer parte do momento em que acontece a eutanásia. Eles ficam apenas para a sedação, então estão presentes até os animais caírem no sono.”, explicou a profissional. 

Fonte: Veja São Paulo, adaptado pela equipe Cães&Gatos VET FOOD.

Seja o primeiro a comentar
Seu comentário foi enviado. Aguarde aprovação.
Erro ao enviar o comentário. Por favor, preencha o captcha e tente novamente.