Assine

Veterinários devem receber vacina contra gripe em postos de saúde

Esses profissionais estão, sim, no grupo prioritário para imunização

Nas últimas semanas, o Conselho Federal de Medicina Veterinária (CFMV, Brasília/DF) recebeu a informação, por meio de sua ouvidoria, de que alguns médicos-veterinários procuraram as unidades dos postos de saúde e encontraram dificuldades em receber a dose da vacina contra gripe/influenza. 

A alegação dos atendentes era de que a Medicina Veterinária não se encontrava no rol das profissões da área de saúde e, portanto, não fazia parte do grupo prioritário para receber a vacina de forma gratuita. 

influenza
O Ministério da Saúde reafirma a importância
e a necessidade da vacinação do
médico-veterinário (Foto: reprodução)

O CFMV esclarece que a Medicina Veterinária é considerada, pelo Ministério da Saúde (MS, Brasília/DF), profissão da área de saúde. A resolução do Conselho Nacional de Saúde (CNS/MS) nº 287, de 08 de outubro de 1998, detalha quais são os profissionais da área e ali estão incluídos os médicos-veterinários. 

A influenza (gripe) é uma doença contagiosa, razão pela qual se dissemina rapidamente e, nas épocas epidêmicas, é praticamente impossível evitar o contágio. O vírus circula nas aglomerações a exemplo de escolas, empresas, instituições, dentre outros, e, nessas situações, apenas um indivíduo infectado pode, em pouco tempo, infectar todos os seus contatos. 

E, como o veterinário atua em diversas frentes, inserindo-se em diferentes atividades desde a gestão até a vigilância epidemiológica e sanitária, ele está mais suscetível e faz parte do grupo prioritário para ser vacinado nos postos de saúde espalhados pelo País. 

O Programa Nacional de Imunizações (PNI), do MS, reafirma a importância e a necessidade da vacinação do médico-veterinário, principalmente, em razão da origem das gripes suínas e aviárias, que podem colocar em risco a saúde desses profissionais. 

A 20ª Campanha Nacional de Vacinação Contra a Gripe iniciou-se em 23 de abril e vai até o dia 1º de junho. A dose previne contra H1N1 e H3N2, subtipos do vírus Influenza A e a Influenza B, respectivamente. A escolha dos grupos prioritários, que recebem a vacina gratuitamente segue recomendação da Organização Mundial da Saúde (OMS). 

Fonte: CFMV, adaptado pela equipe Cães&Gatos VET FOOD.

Seja o primeiro a comentar
Seu comentário foi enviado. Aguarde aprovação.
Erro ao enviar o comentário. Por favor, preencha o captcha e tente novamente.