Assine

Visitas ao Museu de Anatomia Veterinária da USP atingem recorde

MAV tem como missão o desenvolvimento de atividades de pesquisa

O Museu de Anatomia Veterinária (MAV) Prof. Dr. Plínio Pinto e Silva, da Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, da Universidade de São Paulo (FMVZ-USP, São Paulo/SP), recebeu, em 2017, 12.566 visitantes, superando 2016 em 55%, quando foram totalizadas 8.107 visitas. 

mav
Local recebe grupos de visitação pública desde 1984,
entre eles, alunos de ensino médio, veterinários
e outros (Foto: reprodução)

Até 2020, a meta é receber 18 mil pessoas. Ao longo dos anos, a proporção de público escolar (72%) se manteve, especialmente a partir de 2010, quando um novo modelo de gestão foi implantado no MAV.  ​Os demais 28% são considerados visitantes espontâneos como pequenos grupos familiares, alunos de faculdade e de ensino médio, médicos-veterinários, entre outros.

Segundo o chefe técnico do Museu, Mauricio Cândido da Silva, o aumento de visitantes ainda está sendo analisado, na tentativa de se identificar suas reais causas. “Entendemos como uma tendência associada e resultante dos esforços da equipe do MAV na busca de maior qualificação dos processos comunicativos, educativos e de atendimento do público interessado nas informações sobre a Medicina Veterinária”, pondera.

Aberto à visitação pública em 1984, o MAV tem como missão o desenvolvimento de atividades de pesquisa, ensino e extensão de serviços à comunidade, nas áreas de morfologia e anatomia animal. Sua coleção mantém mais de mil peças, entre esqueletos, animais taxidermizados (empalhados), órgãos e estruturas anatômicas de diversos animais vertebrados. A maioria das peças é de mamíferos, havendo, entre estes, representantes aquáticos, voadores, masurpiais, carnívoros, roedores, equídeos, bovídeos, suídeos e primatas, incluindo a espécie humana. Além disso, há modelos didáticos para ensino de anatomia. 

Informações sobre as visitações estão disponíveis no site.

Fonte: FMVZ-USP, adaptado pela equipe Cães&Gatos VET FOOD.

Seja o primeiro a comentar
Seu comentário foi enviado. Aguarde aprovação.
Erro ao enviar o comentário. Por favor, preencha o captcha e tente novamente.