Assine

Youtuber pede ajuda a veterinários sobre problema de pele de pugs

Cachorras de estimação recebem medicamento, mas não apresentam melhora

A youtuber Kéfera, que se consagrou na internet com seu canal no Youtube “5inco Minutos”, vem comentando com seus fãs, nos últimos dias, sobre um problema que faz parte da vida de suas duas cachorras de estimação. Vilma e Olga, as duas da raça Pug, possuem doenças de pele, o que causa coceiras exageradas a todo o tempo. 

kefera
Cães aparecem em vídeo se coçando, como
descrito pela atriz (Foto: divulgação)

Em alguns vídeos no Instagram (veja a partir de 11'02''), a youtuber conta que trata os pets com um produto conhecido no mercado, porém, acredita que ele parou de oferecer resultados. Por conta disso, Kéfera pede ajuda a algum profissional que possa mostrar outras opções de tratamento: “Tem algum veterinário que tem alguma solução?”, questiona. 

Na sequência de vídeos em sua página, Kéfera ainda declara que sabe que os pugs têm maior predisposição a doenças de pele e de ouvido, como otite, mas que não sabe mais o que fazer para poder cuidar melhor de seus cães. Ela, ainda, mostra os cuidados que tem com os pets diariamente para poder amenizar as reações das doenças, como limpeza do ouvido, por conta da otite, e do focinho, por serem braquicefálicos. “Aproveitando, também peço indicação de um bom adestrador para eles”, finaliza.

Clínica Médica. Entre outras doenças de pele que podem acometer os pets, existe a dermatite atópica canina, uma enfermidade hereditária classificada como reação de hipersensibilidade do tipo I mediada por IgE contra alérgenos ambientais. A dermatite atópica corresponde a 60% dos casos na dermatologia canina.  

Os alérgenos ambientais envolvidos são bolores, polens de árvore, ervas e gramas, ácaros da poeira doméstica, escamas de animais e fragmentos de insetos. O pug está entre as raças predispostas. Além dele, shar pei, west highland white terriers, terrier escocês, lhasa apso, entre outros, podem demonstrar a doença com frequência. Confira no artigo.

Fonte: Redação Cães&Gatos VET FOOD.

 

Seja o primeiro a comentar
Seu comentário foi enviado. Aguarde aprovação.
Erro ao enviar o comentário. Por favor, preencha o captcha e tente novamente.