Assine

Zoo de Limeira proporciona melhor noção de espaço aos animais

Novo espaço conta com uma área de 44 mil m² e substitui grades por vidros

Nos últimos cinco anos, o Zoológico Municipal de Limeira (SP) vem experimentando uma situação peculiar de forma bastante positiva. Após 40 anos de existência, optou-se pela construção de um novo espaço, mais moderno, com o objetivo de ampliar a noção de espaço dos animais e facilitar a visão dos visitantes. 

Anexo ao Horto Florestal da cidade, o local conta com uma área de 44 mil m² e uma nova concepção que substitui grades por vidros em alguns dos recintos, como é o caso do local destinado aos felinos e à jibóia. 

zoolimeira
O Zoo de Limeira abriga, aproximadamente, 250
animais e conta com 18 funcionários, entre técnicos,
estagiários e auxiliares gerais (Foto: reprodução)

Segundo o médico-veterinário responsável técnico pelo Zoológico desde 1992, Danielo Castigioni Mazon, a reestruturação do local foi um divisor de águas e o início de um caminho para se atingir a excelência. “O antigo espaço não oferecia condições para expansão e os recintos estavam ultrapassados. Era inviável uma remodelação, por isso optamos pela implementação de um novo parque, localizado na zona rural, com amplas possibilidades de manutenção do plantel. Hoje, participamos de vários projetos de conservação, temos parcerias com universidades e novos pilares baseados na educação ambiental e bem-estar único”, explica. 

O Zoo de Limeira abriga, aproximadamente, 250 animais e conta com 18 funcionários, entre técnicos, estagiários e auxiliares gerais. Recebe, em média, sete mil visitantes ao mês e mil nos projetos de educação ambiental. “Nas questões técnicas, o Zoo participa de planos de manejo de vários animais, como mico-leão-dourado, bugio, entre outros. Participamos de pesquisas ex situ, de ex coleta de sêmen de onça-pintada e determinação de grau de estresse dos pequenos e grandes felinos por meio da mensuração do cortisol nas fezes”, conta Mazon. 

O parque ainda conta com um grupo multidisciplinar de profissionais que desenvolvem trabalhos diários, de acordo com as necessidades dos animais, visando o bem-estar e adaptação ao cativeiro. 

Assim como todos os zoológicos brasileiros, o Zoo de Limeira enfrenta desafios que vão desde questões burocráticas e financeiras, até a mudança de mentalidade da sociedade em relação ao seu papel na conservação da vida animal. “Incorporamos o conceito de bem-estar único, onde pessoas, animais e ambiente fazem parte de um único sistema integrado. Acreditamos que nossas ações poderão contribuir para a mudança de comportamento das pessoas em relação à conservação das espécies e do meio ambiente como um todo. Ser um agente multiplicador é o principal papel do médico-veterinário atuante”, acredita. 

Fonte: CRMV-SP, adaptado pela equipe Cães&Gatos VET FOOD.

Seja o primeiro a comentar
Seu comentário foi enviado. Aguarde aprovação.
Erro ao enviar o comentário. Por favor, preencha o captcha e tente novamente.