in

Acupuntura é uma das técnicas mais procuradas na terapia integrativa para pets

Geralmente, a prática é associada a outros procedimentos e medicações de forma integrada

A acupuntura é uma técnica que também pode ser aplicada na Medicina Veterinária. Trata-se de um método terapêutico que se baseia na estimulação de pontos específicos na pele de modo a restabelecer o equilíbrio e saúde do organismo, estimulando e modulando o sistema neuroendócrino e imunológico, além de melhorar o fluxo sanguíneo, promover o alívio de dor, recuperação motora e ativar processos regenerativos.

A terapia auxilia em problemas de fertilidade, prenhez psicológica, dermatites e doenças metabólicas
(Foto: reprodução)

A médica-veterinária e CEO da Clinicão, Monique Rodrigues, explica que a acupuntura veterinária tem eficácia significativa e é cientificamente comprovada em uma ampla variedade de doenças, como paralisia, convulsão, AVC, artrose, dores na coluna, tendinites, displasia e gastrite, sendo indicada para pacientes de todas as idades. “A prática melhora o fluxo sanguíneo, estimula o sistema imunológico, aumenta a taxa de secreção de neurotransmissores e de neuro-hormônios, alívio da dor, recuperação motora, normalização das funções orgânicas, modulação da imunidade e das funções endócrinas, ativação de processos regenerativos e relaxamento”, esclarece.

Ainda segundo a profissional, a terapia também auxilia em problemas de fertilidade, prenhez psicológica, dermatites e doenças metabólicas, sendo uma excelente alternativa para casos de animais submetidos a quimioterapia, em reabilitação pós-operatória e até mesmo para tratar distúrbios psicológicos, como depressão, ansiedade e hiperatividade.

“Por não ter efeitos colaterais, os pacientes com doenças graves e/ou crônicas, pacientes geriátricos e oncológicos são especialmente beneficiados. Geralmente, a acupuntura é associada a outros procedimentos e medicações de forma integrada, promovendo cura ou alívio e sempre aumentando a qualidade de vida, longevidade e bem-estar”, revela.

O primeiro passo para usufruir dos benefícios da acupuntura veterinária, como comenta a veterinária, é uma consulta de avaliação para definir o protocolo do tratamento. “Nela será determinada a quantidade de sessões, segundo o problema de saúde que o animal enfrenta. A inserção de agulhas de acupuntura não causa nenhuma dor ao animal e permanecem nos pontos por alguns minutos, promovendo um visível efeito geral e bem-estar, sendo muito bem aceita pelos animais. A duração de uma sessão varia de 30 a 60 minutos conforme a técnica utilizada”, discorre.

Fonte: AI, adaptado pela equipe Cães&Gatos VET FOOD.

LEIA TAMBÉM:

Vet Show, da PremieRpet, proporciona noite de lembranças e diversão a veterinários

Falta de políticas públicas contribui para número de animais abandonados no Brasil

Câncer de pele em pets: como prevenir, tratar e saber a hora certa para a eutanásia?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Europa: relatório indica que a pandemia de Covid-19 diminuiu notificações de zoonoses

Nova gestão

Sob nova gestão, CRMV-SP apresenta excelentes resultados nos primeiro 100 dias