Buscar na cães e gatos

Pesquisar
Close this search box.
- PUBLICIDADE -
Clínica e Nutrição

Administração de antibióticos em felinos deve ser avaliada com cautela

Por Equipe Cães&Gatos
gato
Por Equipe Cães&Gatos

Há males que acometem os animais, assim como os humanos, em que a melhor abordagem é o tratamento medicamentoso. Remédios e vacinas são ciência e vida, todos já sabemos bem disso, não é? E o antibiótico é um tipo de fármaco indicado para felinos em diversas situações, mas é preciso utilizá-lo da forma correta neste paciente e é sobre isso que falaremos nesta reportagem. 

Segundo a médica-veterinária da WeVets, Unidade Mundo Animal, em Porto Alegre (RS), Mariana Brino, o antibiótico é frequentemente utilizado no tratamento de doenças causadas por bactérias, ajudam como coadjuvantes no controle de infecções diversas, evitando que o problema se espalhe para outras regiões do corpo do pet (além da afetada) e evita, também, que a complicação que acomete o pet evolua.  

“Na WeVets, nossa abordagem gira em torno de resolver a queixa no momento e, posteriormente, ter um olhar integrado evitando que ele retorne. Para isso, tratamos a queixa no ato e investigamos a causa junto ao nosso time de mais de 22 especialistas para evitar que aconteça novamente”, narra. 

A profissional ainda lembra que os antibióticos não combatem infecções provocadas por vírus ou fungos. “No entanto, podem ser utilizados como coadjuvantes no tratamento destas, prevenindo ou combatendo infecções bacterianas secundárias. 

Mariana conta que o modo de administração do medicamento é definido sempre de acordo com uma anamnese detalhada com o histórico do paciente, peso, idade e exames que podem ser feitos na clínica/hospital ou que o tutor tenha em mãos. “Também estudamos, detalhadamente, a interação desse medicamento prescrito com outros fármacos que o pet, porventura, já utiliza”, adiciona. 

Leia o conteúdo completo, gratuitamente, em nossa revista on-line. Acesse já!  

(Foto: C&G VF)

Fonte: Redação Cães&Gatos VET FOOD.

LEIA TAMBÉM:

Veterinário ortopedista fala sobre os problemas articulares que atingem os cães e como evitá-los

Além dos problemas já conhecidos, obesidade pode afetar senso de direção dos gatos

Veterinária explica o que os gatos buscam com a “bagunça” durante a madrugada

NewsLetter

Cadastre-se agora e receba nossos boletins e atualizações em seu email. 

Integração
Captcha obrigatório
Seu e-mail foi cadastrado com sucesso!