in

Apesar de decreto estadual, CRMV-SP recomenda uso de máscaras em clínicas veterinárias

Determinação não vê o nível de contágio entre pessoas em uma clínica veterinária como de risco

O Governo do Estado de São Paulo publicou o Decreto nº 66.575/2022, no dia 17 de março, que anuncia a liberação do uso de máscaras em locais fechados, mantendo o uso de máscaras apenas nos locais destinados à prestação de serviços de saúde e meios de transporte coletivo.

Embora considerado estabelecimento de saúde pela Recomendação nº 6, de 13 de dezembro de 2018, do Plenário do Conselho Nacional de Saúde, o risco de contágio entre as pessoas nos estabelecimentos veterinários não é equiparável ao observado em estabelecimentos de saúde humana, não sendo obrigatório o uso de máscara, de acordo com o referido decreto.

No entanto, ponderando a estreita relação com os tutores dos animais durante os atendimentos clínicos e a importância do profissional na preservação da Saúde Única, o Conselho Regional de Medicina Veterinária do Estado de São Paulo (CRMV-SP) recomenda que seja mantido o uso de máscara em locais de atividades clínicas veterinárias.

(Foto: reprodução)

Fonte: CRMV-SP, adaptado pela equipe Cães&Gatos VET FOOD.

LEIA TAMBÉM:

CRMV-SP promove I Encontro Estadual de Coordenadores de Curso de Medicina Veterinária

Médicos-veterinários peritos auxiliam no combate aos maus-tratos aos animais

CRMVs recebem indicações de veterinários militares para a Comenda Muniz de Aragão

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

síndrome do gato paraquedista

Veterinários explicam a síndrome do gato paraquedista e quais os primeiros passos no atendimento

ciência dos alimentos

FMVZ-Unesp abre inscrições para especialização em Ciência dos Alimentos, no Campus Botucatu