in

Aplicativo RaivaMata traz informações e foi desenvolvido visando o controle da doença

A raiva é uma grave e importante doença de saúde pública veterinária e saúde pública humana

Com o objetivo de desenvolver um aplicativo móvel sobre a raiva, para auxiliar os profissionais da saúde e usuários interessados. O médico-veterinário, professor da Universidade Estadual Paulista (UNESP), José Rafael Modolo, e sua orientanda de pós-doutorado, a médica-veterinária, Selene Daniela Babboni, criaram o “RaivaMata”, que, recentemente, recebeu registro do Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI).

Segundo ele, o resultado foi o aplicativo com design de ícones e telas de utilização rápida, didática e de fácil entendimento. O sistema já está liberado para aparelhos Android e iOS.

O professor destaca que a tecnologia da informação, se bem utilizada, pode ser uma ferramenta estratégica para a gestão em saúde e um apoio no processo de tomada de decisões sobre a raiva. Ainda ressalta que, a  doença continua sendo uma preocupação mundial, por ser potencialmente fatal em quase 100% das vítimas humanas e apresentar consideráveis gastos aos órgãos públicos nos tratamentos pós-exposição.

De acordo com Modolo, a raiva é uma grave e importante doença de saúde pública veterinária e saúde pública humana, por isso, disponibilizar o aplicativo  gratuitamente é importante para colaborar para o sucesso do controle dessa zoonose potencialmente fatal para as pessoas.

Para conferir opções de tratamento, acesse a reportagem completa em nossa revista on-line, clicando aqui.

LEIA TAMBÉM:

Luto pela perda de um animal de estimação ainda é desmerecido por muitas pessoas

Dia do Doador de Sangue: doação também é um ato de amor entre os gatos

Hospital Veterinário da Anhembi Morumbi inaugura Sala de Vacina com preços acessíveis

(Foto: C&G VF)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Farmácia Veterinária Popular

Brasil: Foi aprovada a criação da Farmácia Veterinária Popular para tutores de baixa renda

medo

Veterinária dá dicas para evitar acidentes com os pets nas festas de fim de ano