in

ASSOCIAÇÃO MUNDIAL DE VETERINÁRIA: AMÉRICA LATINA É REPRESENTADA PELO CFMV

Hoje, a WVA é a maior entidade de médicos-veterinários do mundo

A Associação Mundial de Veterinária (WVA) divulgou, recentemente, o resultado das eleições de 2020. O representante da América Latina será o conselheiro do Conselho Federal de Medicina Veterinária (CFMV), Cícero Pitombo, com mandato em 07 de abril de 2020 até maio de 2022. O secretário-geral do CFMV, Helio Blume, concorreu à Presidência da WVA com candidatos dos Estados Unidos, Europa e África. Rafael Laguens, da Espanha, representante Federação de Veterinários da Europa, levou a cadeira de presidente. 

“Essa é mais uma conquista da atual gestão do CFMV para retomar o protagonismo da Medicina Veterinária do Brasil. Considero um passo importante para a projeção e valorização dos profissionais brasileiros no cenário mundial. Um momento delicado na formação profissional, com expansão do número de cursos presenciais e até EAD em todos os países. O Brasil, sem dúvida, tem expressiva participação no mercado pet e na produção e exportação de proteína animal”, relata o presidente do CFMV, Francisco Cavalcanti de Almeida. 

A WVA é a maior entidade de médicos-veterinários do mundo, bem como a voz comum de todos eles. Hoje, ela representa mais de 500 mil profissionais, por meio de 95 associações veterinárias em seis continentes. A Associação apoia a profissão em diversas áreas da pesquisa, prática e divulgação e é guiada pela Saúde Única – Saúde Humana, Animal e Ambiental. 

“Atuarei como ponte entre a América Latina e a WVA nas questões de interesse da Medicina Veterinária, em especial naquelas relacionadas à educação, Saúde Única e Sustentabilidade; junto a entidades e empresas e na busca de soluções e fortalecimento da profissão. Somos referência em biotecnológicas da reprodução animal, associando maior produtividade, ganho genético e menor uso de área para produção”, diz Pitombo. 

Mais representatividade. Realizado a cada dois anos, o Congresso da Associação Mundial de Veterinária terá sua 36º edição entre os dias 06 e 08 de abril. O local escolhido foi a cidade de Auckland, na Nova Zelândia. O evento de 2020 promete buscar soluções para alguns dos maiores desafios da saúde e bem-estar animal que impactam em todas as espécies. Este ano, o congresso contará, novamente, com representantes da Medicina Veterinária brasileira. Desta vez, o grupo é formado por Blume, Wanderson Alves Ferreira (tesoureiro do CFMV), Pitombo, e pelos presidentes do Conselho Regionais do Rio de Janeiro, Romulo Cezar Spinelli Ribeiro de Miranda, e do Paraná, Rodrigo Távora Mira. 

Além de participar dos debates e divulgar a Medicina Veterinária brasileira no exterior, haverá o lançamento da candidatura do Rio de Janeiro para sediar o Congresso Mundial de Veterinária em 2023. “Apresentaremos o projeto. Já agendamos uma reunião com a diretoria da WVA para tratar de vários assuntos de interesse da profissão”, relata Pitombo. Durante o evento, a delegação brasileira também participará da Assembleia Geral da WVA.

Fonte: CFMV, adaptado pela equipe Cães&Gatos VET FOOD.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ALGUNS CUIDADOS SÃO ESSENCIAIS ANTES DO TUTOR CORRER COM SEU CÃO

EFEITOS SECUNDÁRIOS DE REMÉDIOS VETERINÁRIOS SÃO APONTADOS EM RELATÓRIOS