Cães e gatos logo

Buscar na cães e gatos

Pesquisar
Close this search box.
- PUBLICIDADE -
Marketing e Produtos

Boehringer Ingelheim promove evento focado na saúde mental de médicos-veterinários

Por Equipe Cães&Gatos
palestra
Por Equipe Cães&Gatos

Para marcar o “Setembro Amarelo”, mês mundial de prevenção do suicídio, a Boehringer Ingelheim realiza, no dia 20 de setembro, às 20h, um encontro para promover a vida e contribuir com insights para a saúde mental de profissionais muito importantes para a sociedade: os médicos-veterinários.

A empresa irá transmitir, gratuitamente, uma palestra da jornalista e apresentadora Izabella Camargo, que, depois da experiência com a Síndrome de Burnout, é referência nacional em educação em saúde e promoção do autocuidado, além de oferecer duas sessões de terapia gratuitas a uma base de, aproximadamente, dois mil médicos-veterinários em parceria com a Zenklub.

Izabella Camargo comenta a ação da empresa e a parceria com a Zenklub: “É muito importante o profissional se colocar na agenda, prestar atenção no que está sentindo e buscar ajuda sempre que necessário. A ação da Boehringer Ingelheim faz parte de uma evolução cultural de empresas e categorias que se colocam como vetores da preservação da saúde mental e do bem-estar, por isso, junto à Zenklub, aceitei o convite para essa parceria que quer cuidar de quem cuida tão bem da saúde dos animais”. 

Empresa irá transmitir, gratuitamente, uma palestra da jornalista e apresentadora Izabella Camargo
(Foto: reprodução)

De acordo com a gerente da Área de Pets da Boehringer Ingelheim, Juliana Goldschmidt, a ação tem como objetivo retribuir todo cuidado e atenção que os médicos-veterinários dispõem com os animais, disponibilizando ferramentas para que também possam cuidar deles próprios: “A profissão de médico-veterinário é muito estressante, por conta da responsabilidade de cuidar de vidas e lidar frequentemente com doenças e mortes, infelizmente. Por isso, tratar a sanidade mental destes profissionais é fundamental para que eles possam exercer as suas atividades da melhor maneira possível”, afirma. 

A complexidade da profissão traz grande carga emocional. Segundo o Conselho Regional de Medicina Veterinária de São Paulo (CRMV-SP), a classe veterinária é mais suscetível à Síndrome de Burnout, por ter que lidar com a morte cinco vezes mais que os demais profissionais de saúde. A prevalência da doença na medicina-veterinária é de 25% do total da categoria no mundo. Em oncologistas, por exemplo, o percentual é de 7,8%. Outro dado alarmante é que, no Brasil, a medicina-veterinária foi a profissão com a maior taxa média de suicídio por ocupação e risco ocupacional. 

Ainda de acordo com o CRMV-SP, a Síndrome de Burnout diz respeito a um esgotamento mental associado a um estado de estresse crônico misturado à depressão, relacionado ao excesso de trabalho. Entre os principais sintomas, estão a angústia, enxaqueca, insônia, ansiedade, irritabilidade, pessimismo e sensação de exaustão completa no trabalho. 

“Na Boehringer Ingelheim, nós trabalhamos muito o conceito de ‘Saúde Integrada’, em que a saúde de humanos e animais são interligadas e complementares. Um ambiente familiar só é saudável se todos os integrantes da casa, incluindo os Pets, também estejam saudáveis, sem parasitas e livres para expressar suas características naturais. Por isso, também pensamos em cuidar de quem cuida deles, os médicos-veterinários”, finaliza Juliana.

Fonte: AI, adaptado pela equipe Cães&Gatos VET FOOD.

LEIA TAMBÉM:

Raça Corgi é conhecida como “cães da realeza” e precisa de cuidados especiais

FCAV-Unesp realiza curso Teórico-Prático sobre Nutrição de Cães e Gatos

Médico-veterinário alerta para o perigo de intoxicação em animais de companhia

Compartilhe este artigo agora no