in

Cadastro de veterinários no combate ao coronavírus não é obrigatório

Segundo o Ministério da Saúde, fica a cargo de cada profissional a decisão

Segundo o Ministério da Saúde, fica a cargo de cada profissional a decisão

Para sanar as dúvidas referentes à ação “O Brasil Conta Comigo – Profissionais da Saúde”, o Ministério da Saúde divulgou novas informações onde esclarece o cadastramento de profissionais, inclusive dos médicos-veterinários. A iniciativa visa capacitar os agentes nos protocolos clínicos para o enfrentamento da pandemia de covid-19.

De acordo com a nota, o cadastro funcionará como instrumento de consulta para ajudar no planejamento dos gestores da saúde frente às realidades locais de enfrentamento à propagação do coronavírus e a atualização necessária dos profissionais.

Sendo assim, a portaria não possui caráter coercitivo e nem visa condicionar o recrutamento obrigatório de qualquer profissional da saúde para o exercício de suas funções.  Como explica o Ministério, os profissionais que não desejarem acessar o curso oferecido “sujeitam-se apenas aos riscos decorrentes do desconhecimento do manejo clínico adequado da doença e de como proteger a si mesmo e aos pacientes”.

Compreendendo as dúvidas dos profissionais, o Ministério da Saúde também disponibilizou um documento no formato de perguntas e respostas sobre o cadastro, formulário e a capatição, disponível aqui,  assim como um manual de orientação para o preencihimeno de dados.

Fonte: CFMV, adaptado pela equipe Cães&Gatos VET FOOD.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

REPRODUÇÃO

Sequenciamento de genoma visa identificar displasia da anca em cães

VETERINÁRIAS RESSALTAM A IMPORTÂNCIA DE AUXILIAR NA PANDEMIA