in

CADELA É RESGATADA MACHUCADA E COM SUSPEITA DE ESTUPRO

Animal não deixou que veterinária o examinasse por completo

A ONG Bento III resgatou uma cadela com suspeita de ter sido estuprada na Zona Leste de Teresina, no dia 13 de janeiro. 

De acordo com Raissa Rocha, uma das integrantes do grupo de proteção aos animais, o resgate foi realizado após uma indicação anônima de que a cadela estava sendo maltratada. “Recebemos a denúncia de que tinham ouvido gritos e a cadela chorando. Fomos até o local e lá era bem sujo, como se fosse um lixão. Ela estava machucada e sangrando. O sangue chegava a pingar no chão”, informou Raissa Rocha. 

Segundo a ONG, ainda não há a comprovação de que a cadela tenha sido estuprada, por isso ainda não procurou a Delegacia de Meio Ambiente. “Ela está muito amedrontada e estressada, não está comendo e, por isso, não deixou que a veterinária a examinasse direito”, contou Raissa. 

A ONG Bento III publicou em suas redes sociais que precisa de doações para pagar o tratamento do animal, batizado pelo grupo como Vitória. “Precisamos de ajuda para esse e outros casos que o grupo ainda está atendendo”, afirmou Raissa Rocha. 

Fonte: G1, adaptado pela equipe Cães&Gatos VET FOOD.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

OUROFINO SAÚDE ANIMAL DIVULGA OS VENCEDORES DA 10ª EDIÇÃO DO PIAC

TUTORA INVESTE QUASE 20 MIL REAIS EM FUNERAL PARA CÃO DE ESTIMAÇÃO