Buscar na cães e gatos

Pesquisar
Close this search box.
- PUBLICIDADE -
Marketing e Produtos

CãoDulas estão de volta ao Rio Open 2023 em ação promovida pela PremieRpet

Por Equipe Cães&Gatos
cãodula
Por Equipe Cães&Gatos

Os CãoDulas estão de volta ao Rio Open 2023, que acontece de 18 a 26 de fevereiro, no Jockey Club Brasileiro. A iniciativa é da PremieRpet visa promover a causa da adoção no maior torneio de tênis da América do Sul.

- PUBLICIDADE -

Na terça-feira de Carnaval (21/02), alguns dos melhores tenistas do mundo vão dividir os holofotes e o coração do público – em clima de confetes e serpentinas –com os CãoDulas (“cães gandulas”). Botinha, Nando, Bandit, Shoyu, Narizinho e Carlão formam a ala de 4 patas que vai “desfilar” pegando as bolinhas que saírem da quadra durante um bate-bola com os atletas, após a partida das 19h na quadra central.

Os cães estão disponíveis para adoção e atualmente sob os cuidados da Associação Quatro Patinhas. Desde 2004, a ONG, localizada em Guapimirim (RJ), trabalha no recolhimento e restauração da saúde de animais em situação de risco, além de investir na educação da população, divulgando a legislação de direito dos animais e a guarda responsável.

“Ao levar os CãoDulas para a quadra do Rio Open, colocamos em evidência a causa da adoção de uma forma criativa, em busca de visibilidade para estes e tantos outros animais que aguardam um lar. A iniciativa mostra que não importa a origem ou idade dos cães, quando recebem estímulos positivos, amor e nutrição de alta qualidade, desenvolvem seu potencial, tornam-se companheiros, brincam, aprendem coisas novas e podem realizar grandes feitos”, afirma a diretora de Marketing Corporativo e Planejamento Estratégico da PremieRpet, Madalena Spinazzola.

Os cães estão disponíveis para adoção e atualmente sob os cuidados da Associação Quatro Patinhas (Foto: divulgação)

Responsabilidade social em foco

Desde 2016, os CãoDulas reforçam a causa da adoção e dão um show nas quadras brasileiras, demonstrando todo o seu companheirismo e alegria, independentemente de seu passado de abandono. A ação faz parte de uma série de iniciativas que integram o pilar social da PremieRpet, desenvolvidas por meio do Instituto PremieRpet.

Somam-se aos eventos e iniciativas em prol da adoção, o projeto Medicina Veterinária de Abrigos, em parceria com a Universidade Federal do Paraná (UFPR). O objetivo é levar conhecimento técnico em Medicina Veterinária de Abrigos para ONGs em São Paulo e no Paraná, visando aumentar o bem-estar dos animais abrigados e obter maiores taxas de adoção de sucesso. Desde 2018, o projeto contribuiu para quase 4 mil cães e gatos encontrarem um lar.

Além disso, há suporte regular a diversas ONGs na forma de doações e subsídios para compra de alimentos. A empresa também soma esforços com a sociedade em ações de arrecadação voluntária nos eventos felinos. Só nos eventos do Clube Brasileiro do Gato (CBG), por exemplo, já foram arrecadadas 4,5 toneladas de leite em pó para a Casa Hope, quantidade convertida pela PremieRpet em alimentos para gatos e doada para ONGs participantes. 

Iniciativas como essas fazem a agenda social da companhia atuar em diversas frentes em prol dos animais abandonados que aguardam a chance de um lar. No Rio Open de Tênis, os CãoDulas representam esses animais e vão fazer bonito na quadra!

Fonte: AI, adaptado pela equipe Cães&Gatos VET FOOD.

LEIA TAMBÉM:

Cães e gatos são capazes de perceber emoções de seus tutores

Prefeitura inaugura Hospital Veterinário de Santa Cruz

Alimento úmido hipercalórico: quando e o porquê fornecer

NewsLetter

Cadastre-se agora e receba nossos boletins e atualizações em seu email. 

Integração
Captcha obrigatório
Seu e-mail foi cadastrado com sucesso!