in

CÉLULAS ESTAMINAIS AUXILIAM O TRATAMENTO DE DOENÇAS INFLAMATÓRIAS

Profissional deve ter boa mira no local do problema para bons resultados

O nome terapia regenerativa faz referência à aplicação de células que se transformam nas células do tecido alvo e regeneram o local. Durante as aplicações, essa ação ocorre indiretamente, onde o profissional organiza o ambiente para que haja, novamente, o processo de reparação que já haveria naquele animal se ele não estivesse com suas células latentes. Trata-se de células indiferenciadas que possuem um papel muito importante no paciente de regulação e reestruturação fisiológica e tecidual. 

O médico-veterinário e coordenador Técnico da equipe Curavet (São Paulo/SP), Marcelo Nemer Xavier, explica que todos os indivíduos possuem células-tronco, também chamadas de estaminais, em todos os tecidos do corpo, porém as que são utilizadas na terapia são as células-tronco mesenquimais. Elas são introduzidas em um paciente com alguma lesão inflamatória que não está tendo estímulo correto para cicatrização/regulação e, por isso, produzem citocinas pró-inflamatórias. Estas servem como guias para levar as células aplicadas para o local da lesão. 

Continue lendo na edição de novembro da C&G VF. Clique aqui.

Fonte: Redação Cães&Gatos VET FOOD.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

TERMO DE POSSE É ASSINADO PELA NOVA DIRETORIA DO CFMV

VETERINÁRIO APONTA OS PRINCIPAIS CASOS DA ROTINA CLÍNICA EM NEUROLOGIA