in

CEVA PODE DETER PARTE DO PORTFÓLIO DA MERIAL EM FUSÃO BOEHRINGER E SANOFI

Empresas aguardam aprovação do acordo que promete acelerar negociações

Empresas aguardam aprovação do acordo que promete acelerar negociações

Boehringer Ingelheim, Merial e Ceva Santé Animale anunciaram hoje (13), em um comunicado de interação entre Alemanha e França, que as multinacionais firmaram um acordo de opção de venda de ligação para adquirir certos ativos da carteira da Merial, no contexto da troca de negócios da Boehringer Ingelheim com a Sanofi.

Por meio do negócio, a Boehringer Ingelheim tem como objetivo facilitar o processo de aprovação para a aquisição dos negócios de saúde animal da Sanofi (Merial), mediante forma proativa oferecendo tal carteira para a Ceva. A operação global, bem como o acordo anunciado hoje, continuam sujeitas à aprovação da Comissão Europeia e as autoridades reguladoras em diferentes territórios.

“Este acordo é mais um marco essencial para completar nossa transação com a Sanofi. Estamos muito satisfeitos que chegamos a um acordo com a Ceva. A empresa tem demonstrado um compromisso com o crescimento de suas vacinas sanitárias. A Boehringer Ingelheim está confiante de que a carteira vai continuar a se desenvolver com muito sucesso nas mãos deste comprador estratégico”, disse o membro do Conselho para Saúde Animal no Boehringer Ingelheim, Joachim Hasenmaier.Anúncio foi realizado hoje, no site global da Boehringer Ingelheim (Imagem: reprodução)

Anúncio foi realizado hoje, no site global da Boehringer Ingelheim (Imagem: reprodução)

O CEO da Merial e vice-presidente Executivo da Sanofi, Carsten Hellmann, acrescentou: “Ceva é um player global excelente, é competitiva em vacinas de sanidade animal e farmacêuticos, bem posicionada para manter e desenvolver ainda mais este portfólio comercialmente muito atraente.”

A Ceva irá adquirir certas vacinas de sanidade animal e produtos farmacêuticos da carteira Merial para suínos, bovinos e animais de companhia, bem como a propriedade intelectual relacionada, processos de fabricação e atividades de Pesquisa&Desenvolvimento. O pacote, de acordo com o comunicado no site da empresa, contém as seguintes marcas: Circovac (excluindo EUA), Progressis, Mucosiffa, Parvovax, Parvoruvax, EQUIOXX (excluindo EUA), Genixine, Ketofen® 1% injeção e comprimidos (excluindo Canadá) e Ketofen® 10% de injeção (excluindo o Canadá).

“A adição destes produtos veterinários para animais suínos, bovinos e companhia irá complementar fortemente a nossa carteira existente. Estamos altamente empenhados em desenvolver ainda mais essas marcas de sucesso e continuar a fornecer aos clientes produtos veterinários inovadores para atender às suas necessidades atuais e futuras”, aponta o Chairman & CEO da Ceva, Marc Prikazsky.

O fechamento da operação entre Boehringer e Sanofi é esperado no final do ano de 2016, após o recebimento de todas as aprovações regulatórias necessárias.

Fonte: A.I., adaptado pela equipe feed&food.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

AFETO ENTRE CARROCEIROS E MORADORES DE RUA COM SEUS ANIMAIS É RETRATADO EM LIVRO

BRASIL QUER ESTREITAR NEGOCIAÇÕES COM A RÚSSIA PARA EXPORTAÇÃO DE PETFOOD