in

CFMV PREENCHE VAGA NO CONSELHO NACIONAL DE SAÚDE SOB O NORTE DA COLETIVIDADE

Oportunidade servirá para reafirmar a importância da Medicina Veterinária como profissão na área da saúde

Cláudia Guimarães, da redação
[email protected]

O Conselho Federal de Medicina Veterinária (CFMV, Brasília/DF) foi eleito para uma vaga de Titular no Conselho Nacional de Saúde (CNS, Brasília/DF) no segmento “entidades nacionais de profissionais de saúde”. A função do CFMV é discutir e propor Políticas de Saúde para a população brasileira.

De acordo com a médica-veterinária, representante do CFMV no Conselho de Saúde, Oriana Bezerra Lima, no Brasil existem contextos adversos nas diferentes regiões, sendo assim, o objetivo da equipe nessa nova etapa é alcançar uma saúde única: de animais, humanos e meio ambiente. “Atualmente, há um cenário de preocupações com as arboviroses emergentes no País, aquelas viroses transmitidas por vetores, como por exemplo: Dengue, Chikungunya, Zika, entre outras”, declara.

Ainda no início deste ano será definido o planejamento estratégico para o triênio 2015/2018 e, consequentemente, as metas de trabalho com todos os membros do colegiado. O plano de trabalho do CFMV tem como preceito básico a coletividade. “Essa coletividade começa dentro do próprio colegiado, através das discussões entre seus membros para que estabeleçam as estratégias para atingir as metas. A saúde, como dever do Estado, deve receber maior atenção do setor público, em todos os níveis: Municipal, Estadual e Federal”, pontua.

O resultado da eleição foi recebido pela equipe do CFMV com muita satisfação, já que, segundo Oriana, os envolvidos trabalharam ao longo dos últimos três anos com muita responsabilidade e assiduidade para alcançar bons resultados. O objetivo do Conselho é mostrar o papel do médico-veterinário na área de saúde, vez que 80% dos patógenos que atingem o ser humano são de origem animal e mais de 60% das doenças emergentes também tem origem em animais. “É com imensa satisfação que recebemos essa responsabilidade e estaremos trabalhando com dedicação e zelo”, garante Oriana, que entende essa oportunidade como imenso auxílio na difusão do conceito de Saúde Única, especialmente dentro do Sistema Único de Saúde (SUS)”.

Oriana, que será a representante do CFMV dentro do Conselho Nacional de Saúde, sente grande satisfação, mas ao mesmo tempo sabe que será um trabalho de imensa responsabilidade. “Sabemos das expectativas dos nossos colegas médicos-veterinários que atuam no exercício da saúde pública junto ao Sistema Único de Saúde, por isso temos com meta reafirmar a importância da Medicina Veterinária como profissão neste setor”, finaliza.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1ª OLIMPÍADA DO CONHECIMENTO DA OIE NAS AMÉRICAS ESTÁ NA ETAPA FINAL DE INSCRIÇÕES

NOVAS REGRAS PARA ESTABELECIMENTOS VETERINÁRIOS COMPLETAM UM ANO E MELHORAM A QUALIDADE DOS SERVIÇOS