Buscar na cães e gatos

Pesquisar
Close this search box.
- PUBLICIDADE -
Pets e Curiosidades

Como manusear filhotes recém-nascidos com cuidado?

Fofos e frágeis, os recém-nascidos são uma gracinha, mas é importante saber que eles precisam de um tempo para se desenvolverem por completo
Por Equipe Cães&Gatos
cachorros filhotes
Por Equipe Cães&Gatos

No momento em que colocamos os olhos em um filhote recém-nascido, nosso coração naturalmente derrete. Mas, enquanto nosso instinto pode ser abraçá-los e apertá-los, é vital entender a importância de manuseá-los com cuidado extremo. Vamos explorar juntos por que este cuidado é tão necessário.

- PUBLICIDADE -
Manusear filhotes recém-nascidos é uma tarefa que requer cautela e sensibilidade (Foto: Reprodução)

Por que é importante manusear filhotes recém-nascidos com cuidado?

Filhotes recém-nascidos são incrivelmente frágeis. Seu esqueleto ainda está se desenvolvendo, e seus músculos são fracos. Como os ossos dos filhotes ainda estão se calcificando, eles são muito mais suscetíveis a fraturas. Além disso, a pele dos filhotes é fina e vulnerável a abrasões.

Outro ponto importante é que os filhotes têm dificuldade em regular sua própria temperatura corporal. Assim, sem o cuidado adequado, eles podem rapidamente ficar superaquecidos ou hipotérmicos. Eles confiam no calor do corpo da mãe e dos irmãos para manter uma temperatura corporal estável.

E também os filhotes nascem surdos e cegos, e seu sistema sensorial ainda está em desenvolvimento. Portanto, movimentos bruscos ou manipulação dura podem ser assustadores e prejudiciais ao seu desenvolvimento sensorial. Manusear filhotes recém-nascidos com cuidado não é apenas uma questão de protegê-los fisicamente, mas também de garantir seu bem-estar emocional e desenvolvimento adequado. Sempre lembre-se de que essas pequenas criaturas estão no início de suas vidas e dependem inteiramente de nós para garantir que elas comecem com o pé direito.

Quando é seguro começar a segurar um filhote recém-nascido?

Manusear filhotes recém-nascidos é uma tarefa que requer cautela e sensibilidade. Por mais que desejemos segurá-los e interagir com eles logo após o nascimento, é essencial priorizar a saúde e o bem-estar do filhote.

Filhotes recém-nascidos são incrivelmente frágeis, por isso alguns cuidados são obrigatórios (Foto: Reprodução)

Vejamos algumas diretrizes sobre quando é seguro começar a segurá-los:

  • Primeiras 24 horas: Durante as primeiras 24 horas após o nascimento, é melhor minimizar o manuseio dos filhotes. Eles estarão se ajustando ao mundo externo, buscando o calor da mãe e começando a mamar. O essencial vínculo mãe-filhote está se formando durante este período.
  • Primeira semana: Após as primeiras 24 horas, você pode começar a segurá-los brevemente para verificar sua saúde e garantir que estão se alimentando bem. No entanto, essas sessões devem ser curtas e você deve ter mãos limpas para evitar a transmissão de germes.
  • Após a primeira semana: Depois da primeira semana, você pode começar a segurá-los com um pouco mais de frequência, ainda garantindo que as sessões sejam breves e que você esteja em um ambiente calmo. Isso também pode ser uma boa época para começar a socializá-los, expondo-os a diferentes estímulos em um ritmo controlado.
  • 3-4 Semanas: À medida que os filhotes crescem e se tornam mais ativos, por volta das 3-4 semanas de idade, eles estarão mais preparados para sessões de manuseio mais longas. Isso também é um período crucial para a socialização, onde a exposição a diferentes pessoas, sons e experiências pode ajudar no desenvolvimento de cães bem ajustados.

Manusear filhotes recém-nascidos é uma abordagem atenciosa

Manusear filhotes recém-nascidos é uma responsabilidade preciosa e requer uma abordagem cuidadosa e atenciosa. Estas criaturas delicadas estão em um estágio crítico de desenvolvimento e dependem inteiramente de nós para sua segurança e bem-estar.

Ao seguir diretrizes de manuseio, respeitando os limites de tempo e assegurando que os filhotes sejam segurados de forma adequada e amorosa, não só garantimos seu bem-estar físico, mas também promovemos um início de vida saudável.

Fonte: Portal do Dog, adaptado pela Equipe Cães e Gatos.

LEIA TAMBÉM:
Profissional ensina como educar gatos filhotes
Educação de filhotes é base para cães bem-comportados e felizes
Veterinário dá dicas sobre cuidados com os filhotes quando eles chegam em casa

Compartilhe este artigo agora no