in

CRIPTOSPORIDIOSE EM COELHOS: QUAL A IMPORTÂNCIA AOS HUMANOS?

Formas parasitas podem infectar outros animais e as pessoas

A população de animais domésticos no Brasil vem crescendo constantemente nos últimos anos. Em 2019, correspondia a 141,6 milhões, sendo 2,4 milhões a quantidade correspondente ao grupo de répteis e pequenos mamíferos. Dentre os últimos, estão os coelhos domésticos (Oryctolagus cuniculus), espécie que tem grande aceitação como pet por sua característica sociável e interativa, que se beneficia da companhia de outros animais ou de seus tutores e, apesar de serem presas para cães e gatos, podem ser bons companheiros.

Dos diversos parasitos que podem acometer coelhos, o Cryptosporidium spp. é de grande importância por afetar o trato gastrintestinal. Quando o hospedeiro ingere os oocistos, seus esporozoítos internos são liberados no intestino e estes infectam as células entéricas. Dentro destas, ocorre um desenvolvimento assexuado seguida de reprodução sexuada que irá dar origem aos oocistos, formas infectantes que serão eliminadas no ambiente por meio das fezes. Estas formas parasitárias evolutivas infectantes podendo infectar outros animais ou o ser humano e dar continuidade ao ciclo biológico.

A forma de transmissão e perpetuação dos oocistos é diversa, o que contribui para sua sobrevivência no ambiente. Eles são propagados, principalmente, pela via fecal-oral por conta de higiene inadequada e ingestão de água e alimentos contaminados. Além disso, podem ser disseminados pelo ambiente por meio do solo, ventos e, principalmente, por veiculação hídrica.

Os coelhos mais afetados e que, geralmente, apresentam sintomatologia clínica são os jovens, principalmente após o período de estresse causado pela desmama, separação materna e mudança na alimentação, o que leva a imunossupressão e maior predisposição a uma infecção clínica com anorexia, apatia, diarreia e elevada mortalidade. Os animais com idade superior a quatro meses e adultos, geralmente, apresentam uma infecção subclínica ou assintomática.

Fonte: Redação Cães&Gatos VET FOOD. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CIDADE DE SÃO PAULO POTENCIALIZA COMBATE À ESPOROTRICOSE

VOTAÇÃO: PRIMEIRA MULHER É ELEITA PRESIDENTE DO CRMV-ES