in

CRMV-AM SE PRONUNCIA SOBRE CITAÇÃO DE VETERINÁRIO EM RINHA

Se confirmado, profissional responderá por falta de ética profissional

Se confirmado, profissional responderá por falta de ética profissional

Após dezenove cães serem resgatados e quarenta pessoas serem detidas pela Polícia Civil do Paraná em uma rinha na cidade de Mairiporã (SP), no dia 14 de dezembro (leia mais), o Conselho Regional de Medicina Veterinária do Estado do Amazonas (CRMV-AM), se pronunciou perante a suspeita de participação de veterinário com registro de atuação no Estado. Em nota disponibilizada pela CRMV-AM, é lamentada profundamente a suspeita da participação do profissional e que medidas cabíveis serão tomadas.

“O profissional citado possui registro para atuação no estado do Amazonas, portanto, o CRMV-AM, por meio de seus departamentos competentes, tomará as medidas necessárias para a apuração dos fatos e tomará as providências cabíveis no que tange à ética profissional, sobretudo, em bom nome do Sistema CFMV/CRMVs, responsável por normatizar e fiscalizar o exercício da Medicina Veterinária no Brasil”, informa o texto.

Ainda segundo o CRMV-AM, é repudiado todo e qualquer tipo de maus-tratos os animais e que desconhecem qualquer justificativa para o envolvimento de um profissional da área às rinhas de cães. O conselho ressalta que o profissional que comete ou é conivente com atos de crueldade, abuso e maus-tratos aos animais deve responder por falta ético-profissional. “Este Regional enfatiza, ainda, que a resolução é clara em seu texto quanto ao dever do médico-veterinário de prevenir e evitar quaisquer atos que configurem maus-tratos”, enfatizou por meio da nota oficial. 

Fonte: CRMV-AM, adaptado pela equipe Cães&Gatos VET FOOD.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CORPOS MUMIFICADOS DE LEÕES SÃO ENCONTRADOS EM SAQQARA, NO EGITO

BRASIL AVANÇA EM LEGISLAÇÃO PARA REDUZIR EXPERIMENTOS COM COBAIAS