in

CRMV-RS DIVULGA NOTA TÉCNICA FRISANDO A IMPORTÂNCIA DA VACINAÇÃO CONTRA RAIVA

Material aponta que, há mais de 30 anos, não são relatados casos de raiva humana

A Comissão de Saúde Pública do Conselho Regional de Medicina Veterinária do RS (CRMV-RS, Porto Alegre/RS) publicou, no dia 27 de junho, uma Nota Técnica alertando sobre a necessidade de vacinação de cães e gatos contra a raiva. A dificuldade para encontrar vacinas para tratamento humano nos postos de saúde da rede pública motivou a divulgação do documento. “Com a dificuldade no tratamento antirrábico, é fundamental reforçar a necessidade de imunização de cães e gatos de forma preventiva”, afirma a presidente da Comissão, Camila Corrêa Jacques. 

A nota aponta que, há mais de 30 anos, não são relatados casos de raiva humana. Entretanto, é necessária atenção aos acontecimentos ocorridos no Estado. Há circulação viral entre bovinos, equinos e morcegos.

Dados da Secretaria da Agricultura (Brasília/DF) apontam a circulação do vírus da raiva dos herbívoros em 14 municípios, com o registro de, aproximadamente, 60 mortes de bovinos entre janeiro e maio de 2016, com uma prevalência maior em municípios da região Central do Estado. Para estas localidades já foi emitido um alerta para a imunização de animais de produção. “A informação sobre a suspeita ou ocorrência da doença, em qualquer espécie animal é indispensável para o controle”, garante Camila. Para ela, o papel do produtor e também dos tutores de cães e gatos é fundamental para que a doença não se espalhe para mais localidades.

Fonte: CRMV-RS, adaptado pela equipe Cães&Gatos VET FOOD.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

NÍVEL DE DISSEMINAÇÃO DA ELETROQUIMIOTERAPIA NO BRASIL CRESCE DENTRO DA MEDICINA VETERINÁRIA

INDICAÇÕES PARA OS PRÊMIOS PAULO DACORSO FILHO E OCTÁVIO DOMINGUES DEVEM SER FEITAS ATÉ O FIM DE JULHO