in

CUIDADO E PRESERVAÇÃO DA FAUNA BRASILEIRA SÃO LEMBRADOS NO DIA MUNDIAL DA VIDA SELVAGEM

Para presidente do CFMV, a saúde dos animais selvagens depende do ser humano e do médico-veterinário

No Dia Mundial da Vida Selvagem, comemorado ontem, dia 03 de março, o Conselho Federal de Medicina Veterinária (CFMV, Brasília/DF) parabenizou todos os profissionais que atuam para promover a saúde e bem-estar dos animais selvagens e reforçou a importância da preservação da fauna brasileira para o desenvolvimento sustentável do planeta.

O tema instituído pela Organização das Nações Unidas (ONU) para comemorar a data este ano é “O futuro da vida selvagem está em nossas mãos”. Na vida selvagem, o estresse gerado pela redução da oferta de alimento, abrigo e competição entre os predadores compromete o sistema imune dos animais, tornando o organismo mais suscetível ao desenvolvimento de doenças.

Dentro da preocupação com a Saúde Única, de animais, homens e do meio ambiente, os médicos-veterinários são guardiões da sanidade animal, agentes da saúde pública e gestores ambientais em áreas ligadas ao desenvolvimento sustentável.

O presidente do CFMV, Benedito Fortes de Arruda, lembra que a preocupação com a Saúde Única deve ser de todos, mas, especialmente, dos médicos-veterinários. “O médico-veterinário, ao tratar da saúde animal, tem como objetivo, a um só tempo tratar da saúde do homem e da natureza. A saúde dos animais selvagens depende muito do ser humano e, particularmente, do médico-veterinário que possui conhecimento científico para sua reprodução, produção, bem-estar e demais condições necessárias à sua existência, conservação e preservação”, afirma Arruda.

A preocupação com a saúde e bem-estar das espécies faz parte das ações da Comissão Nacional de Animais Selvagens (CNAS) do CFMV. O Conselho e os CRMV’s também têm participado das Fiscalizações Preventivas Integradas (FPIs) realizadas nos estados de Alagoas (AL) e da Bahia (BA), semestralmente. Na FPI realizada em Alagoas em novembro de 2015, foi registrado um recorde: mais de 2500 animais resgatados.

Com isso, o CFMV lembra os prejuízos do tráfico de animais para a biodiversidade e a necessidade do engajamento dos profissionais e de toda a sociedade no seu combate.

Consciente da necessidade de discussão e da atuação nessa área, o Conselho Federal de Medicina Veterinária realizará, em abril, o I Fórum das Comissões Nacional e Regionais de Animais Selvagens do Sistema CFMV/CRMVs. As questões específicas de cada região devem ser discutidas durante o encontro.

O Dia Mundial da Vida Selvagem é comemorado desde 2014, quando a Assembleia Geral da ONU proclamou o dia 03 de março como o World Wildlife Day. A data é uma oportunidade de celebrar a diversidade da fauna e da flora e aumentar a consciência da sociedade para os benefícios de sua conservação para a população.

Fonte: CFMV, adaptado pela equipe Cães&Gatos VET FOOD.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CÃES DE PROVETA APONTAM NA MEDICINA VETERINÁRIA MUNDIAL, MAS DESACELERAM NO BRASIL

CONFERÊNCIA SOBRE EDUCAÇÃO EM MEDICINA VETERINÁRIA TEM A PARTICIPAÇÃO DO CFMV