Cães e gatos logo

Buscar na cães e gatos

Pesquisar
Close this search box.
- PUBLICIDADE -
Destaques, Clínica e Nutrição

Dia da Homeopatia: Médica-veterinária fala sobre a prática e os benefícios que ela traz para os animais

Por Equipe Cães&Gatos
homeopatia
Por Equipe Cães&Gatos

Gabriela Couto, da redação

gcouto@ciasullieditores.com.br

A homeopatia atualmente é uma especialidade médica e médico-veterinária e foi iniciada pelo alemão Samuel Hahnemann, em 1796. Ela se baseia no princípio similia similibus curantur, ou seja, o suposto tratamento se dá a partir da diluição e dinamização da mesma substância que produz o sintoma num indivíduo saudável. É uma prática muito comum e usada, inclusive, na Medicina Veterinária. 

A terapia alternativa é tão conhecida que, hoje, 21 de novembro, é celebrado o Dia Nacional da Homeopatia. A data foi oficialmente instituída em homenagem ao dia de chegada ao Brasil do homeopata francês Dr. Benoit Jules Mure, ocorrido em 21 de novembro de 1840. Dr. Bento Mure, como ficou conhecido no País, foi salvo de uma tuberculose por meio da homeopatia, por um discípulo direto do médico alemão, criador da homeopatia. Ele viveu no Rio de Janeiro, no bairro da Lapa, onde começou a clinicar e a difundir o sistema terapêutico.

A médica-veterinária, responsável Técnica e criadora das fórmulas dos produtos da Sigo Homeopatia e vice-presidente da Associação Médico Veterinária Homeopática Brasileira (AMVHB), Mônica Sousa, conta que a homeopatia veterinária é utilizada no tratamento de doenças já existentes ou na prevenção de condições predisponentes conhecidas, como genéticas, epidemiológicas, ambientais, inerentes a uma raça ou a uma espécie animal entre outras. “A homeopatia é de fácil aplicação, podendo ser ministrada por meio de água, alimentos ou inalação, diretamente na mucosa da boca e até por fricção na pele ou aplicação sobre o pelo, em alguns casos, como nos gatos, que se lambem”, explica. 

Mônica explica, também, que qualquer animal pode receber o tratamento homeopático, independentemente de sua espécie. E completa dizendo que “todos os médicos-veterinários são habilitados para prescrever medicamentos e produtos de linha homeopáticos, porém, os especialistas em homeopatia são os indicados para uma consulta particularizada, mais abrangente e qualificada”.

O principal benefício da homeopatia, segundo veterinária, é o animal viver uma vida feliz e equilibrada, voltar a ser o que era antes do tratamento
(Foto: reprodução)

A homeopatia é a ciência que leva em consideração o estresse que originou um desequilíbrio e, consequentemente, uma doença. De acordo com a médica-veterinária, o estresse é a causa de todas as enfermidades. “Sendo assim, os tratamentos na esfera mental ou comportamental dos animais têm grande margem de sucesso com homeopatia, sem precisar lançar mão de medicamentos químicos, que tem como consequência, muitas vezes, os efeitos colaterais”. 

A veterinária comenta que, atualmente, a ansiedade é uma das afecções comportamentais mais relatadas pelos tutores nos consultórios homeopáticos. Mônica explica que animais que destroem objetos, comem cocô, latem/miam demais ou se automutilam, podem estar sofrendo com ansiedade e o tutor deve se atentar a esses e outros sinais, que fogem da normalidade do dia a dia do pet. 

O principal benefício da homeopatia, segundo a profissional, é o animal viver uma vida feliz e equilibrada, voltar a ser o que era antes do tratamento. “E esse benefício de equilíbrio do emocional presente na homeopatia é visto em qualquer tratamento físico, seja para afecções de pele, renal, hepática, sanguínea, papilomas, infecções em geral ou qualquer outro distúrbio, porque equilibrar o mental e diminuir o estresse é inerente à homeopatia. Essa terapêutica, além de alta eficácia, oferece saúde integral”, comenta. 

Mônica conta que é bem comum que um animal que já tem algum caso clínico e faz o uso de um medicamento específico, introduza o tratamento homeopático, desde que seja recomendado e acompanhado por um médico-veterinário homeopata ou que já utilize a terapêutica homeopática junto com a alopatia. “É perfeitamente possível e com grande margem de cura, qualquer tratamento associado. E a grande vantagem do tratamento homeopático, além da ausência de efeitos tóxicos, reações adversas e efeitos colaterais, é oferecer ao animal, principalmente, o bem-estar, característica inerente de qualquer tratamento realizado por meio da homeopatia veterinária”, finaliza. 

Compartilhe este artigo agora no