in

DOENÇA DO DISCO INTERVERTEBRAL PODE VARIAR EM DIFERENTES GRAUS

Enfermidade causa dor e, inclusive, a perda total da função motora nos pets

A Doença do Disco Intervertebral (DDIV) ou hérnia de disco é um distúrbio que afeta a coluna vertebral de cães e gatos caracterizada por gerar dor, além de representar a principal causa de disfunção neurológica em cães com uma incidência de 2% na população. Já em gatos, é vista com uma frequência muito menor e a incidência estimada é de 0,12%. 

Esses dados são informados pelo médico-veterinário Andrés Sebastian Aristizabal Escobar, que revela que os discos intervertebrais são estruturas que se localizam entre os corpos das vértebras, com exceção das vértebras cervicais C1-C2, e as sacrais fundidas. “Os discos funcionam como amortecedores, absorvendo as forças exercidas sobre a coluna e a medula espinhal. As duas formas primarias de DDIV são Hansen tipo I ou extrusão do disco intervertebral e Hansen tipo II ou protrusão do disco intervertebral e envolvem um mecanismo diferente de degeneração do disco”, discorre. 

A extrusão do disco, segundo Escobar, está associada à degeneração condroide e envolve o enfraquecimento e ruptura do anel fibroso (AF) dorsal com a extrusão do núcleo pulposo (NP) degenerado em direção ao canal vertebral, comprimido a medula espinhal. “Por outro lado, a protrusão do disco se associa à degeneração fibroide e se caracteriza por um espessamento do AF dorsal e do NP, protuindo-se para dentro do canal vertebral. Existe, ainda, um terceiro tipo de hérnia conhecida, em inglês, como acute non-compressive nucleus pulposus extrusion ou hérnia de disco por extrusão explosiva ou Tipo III, onde há extrusão do NP não degenerado em direção à medula espinhal sem compressão associada”, elucida. 

Leia o artigo completo na edição de julho da C&G VF. Clique aqui. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

OMV IRÁ AVALIAR AS TERAPIAS NÃO CONVENCIONAIS POR MEIO DE GRUPO DE TRABALHO

RELAÇÃO ENTRE TUTORES E CÃES É REFORÇADA EM NOVA CAMPANHA DA PEDIGREE