in

DOR EM PETS EXÓTICOS É QUANTIFICADA POR MEIO DE ESCALAS

Sofrimento dessa classe de animais é pouco debatido

A identificação e tratamento para dores em animais não está, muitas vezes, entre os assuntos mais comentados dentro da Medicina Veterinária. Isso ocorre ainda em uma frequência menor quando o tema é animais exóticos. 

A dor é definida como um estímulo sensorial desagradável ou experiência emocional associada com um atual ou potencial dano tecidual. A inabilidade de se comunicar verbalmente não nega a possibilidade de um indivíduo sofrer a dor ou a necessidade de precisar de um tratamento adequado. 

A diferenciação entre um réptil que sente dor e tem resposta reflexa ao estímulo nocivo e o conceito de nocicepção é um ponto crucial para o debate sobre dor em répteis. A habilidade deles sentirem dor e a importância da dor e da nocicepção na homeostase fisiológica é uma questão extremamente complexa que requer a integração entre as respostas fisiológicas e evidências comportamentais. 

Leia mais na edição deste mês da C&G VF. Clique aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

BOM PROFISSIONAL E APARELHOS SÃO ESSENCIAIS DENTRO DA UTI DE PETS

CONVULSÕES X EPILEPSIAS: PROFISSIONAL APONTA COMO DIFERENCIAR