in

Entidade mundial publica novas diretrizes para avaliar a eficácia dos antiparasitários

Associação Mundial para o Avanço da Parasitologia Veterinária recomenda estudos em relação a produtos

A Associação Mundial para o Avanço da Parasitologia Veterinária (WAAVP, na sigla em inglês) publicou um guia com diretrizes para a realização de estudos que avaliam a eficácia dos antiparasitários na redução do risco de transmissão de agentes patogênicos transmitidos por vetores em cães e gatos.

Estas diretrizes destinam-se a fornecer uma análise aprofundada dos conhecimentos atuais e a ajudar no planejamento e implementação de estudos neste âmbito, revela a WAAVP.

Atualmente, a prevenção da transmissão de parasitas em animais de estimação é, geralmente, conseguida por meio da gestão de produtos que podem repelir ou matar rapidamente artrópodes, prevenindo ou interrompendo a alimentação antes da transmissão.

Para os autores do conteúdo, embora o conhecimento científico sobre a biologia de agentes patogênicos e seus vetores tenha aumentado nas últimas décadas, ainda há a necessidade de traduzir muito desse conhecimento em ferramentas de prevenção eficazes e estratégias de prevenção. “Portanto, aspectos relevantes, como rota de transmissão, comportamento alimentar e duração da alimentação do vetor e taxas e tempos de transmissão de patógenos, caminhos de migração e tempo de incubação de patógenos em seus vetores, devem ser considerados ao projetar estudos de eficácia”, consta no material.

Pode ler o documento na íntegra, clique aqui.

Fonte: Veterinária Atual, adaptado pela equipe Cães&Gatos VET FOOD.

LEIA TAMBÉM:

Gestores: CFMV promove novo encontro a fim de melhor integrar os regionais

Projeto que monitora onça-parda na Mata Atlântica ajuda a entender o comportamento da espécie

Fernando de Noronha: Trabalho em equipe garante manejo de gatos com método CED

(Foto: reprodução)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CRMV-SP declara: população deve estar alerta, pois chuvas aumentam riscos de zoonoses

Entre tantas opções no mercado, como escolher o alimento ideal para cães e gatos?