in

ESPECIALISTA LISTA CINCO MOTIVOS IMPORTANTES PARA REALIZAR O CHECK-UP REGULARMENTE NOS PETS

Manter a higiene bucal do pet também é uma forma de prevenir doenças

Manter a higiene bucal do pet também é uma forma de prevenir doenças

A visita periódica e regular a um médico-veterinário é fundamental para garantir a saúde e a longevidade do pet. Assim como os humanos, os animais de estimação também precisam realizar um check-up para monitorar se o organismo está funcionando normalmente ou se há alguma alteração. Porém, no caso deles, a indicação é que esses exames sejam realizados, pelo menos, duas vezes ao ano.

A farmacêutica da Fórmula Animal Farmácia de Manipulação Veterinária (São Paulo/SP), Renata Piazera, elenca os cinco principais motivos para realizar o check-up regularmente nos pets. O primeiro deles é a prevenção de doenças. Os exames de rotina são a melhor forma de prevenir doenças e conseguir diagnóstico precoce, segundo a profissional. ”Pode acontecer de o pet nascer com alguma doença ou desenvolver uma enfermidade que os sintomas demoram a aparecer. Nesses casos, o diagnóstico precoce pode fazer toda a diferença na qualidade de vida do animal e da eficácia do tratamento”, afirma.

As vacinas contra carrapatos, pulgas e vermes devem estar em dia, como comenta Renata.“Desde seu nascimento até a velhice, os animais de estimação precisam de determinados cuidados para garantir a sua saúde. A prevenção de doenças, principalmente em filhotes, é realizada por meio das vacinas e, para diminuir o estresse do pet nesses momentos, é fundamental que ele esteja habituado com a rotina de ir ao consultório e ser examinado pelo veterinário”.

Junto com as vacinas, também é importante manter cães e gatos medicados contra pulgas, carrapatos e vermes. “Geralmente, os donos só percebem que os animais estão com estes parasitas depois que os sintomas aparecem e o tratamento acaba sendo mais longo”, pontua.Veterinarian hands examining kitten --- Image by © Royalty-Free/Corbis

É fundamental que o pet esteja habituado com a rotina de ir ao consultório e ser examinado pelo veterinário (Foto: reprodução)

Outro ponto destacado pela profissional é a programação de férias, porém, segundo ela, é preciso programar também a ida do animal de estimação ao médico-veterinário e evitar surpresas desagradáveis, seja para quem irá levar o pet na viagem, deixá-lo com algum amigo ou parente e, até mesmo, se for ficar em um hotel para animais. “Nestes casos, o check-up será fundamental para prevenção de possíveis doenças ou agravamento da enfermidade existente”.

Poucas pessoas sabem, mas manter a higiene bucal do pet também é uma forma de prevenir doenças, de acordo com a especialista. As bactérias presentes na boca do animal podem causar problemas cardíacos, além de gengivite. “Como diz o ditado, ‘a saúde começa pela boca’ e nos pets não é diferente”, declara.

O excesso de peso pode indicar que algo está errado com o animal de estimação. Geralmente, a obesidade é provocada por sedentarismo, má alimentação e estresse, podendo causar diabetes, problemas nas articulações, doenças cardíacas, respiratórias e circulatórias. ”Cerca de 30% dos cachorros e 25% dos gatos são obesos. Para evitar que o pet sofra deste mal, o proprietário deve incentivá-lo a praticar atividades físicas, como correr atrás de algum brinquedo ou fazer caminhadas, manter uma alimentação em quantidade adequada e não se esquecer das consultas de rotina, pois, em alguns casos, a obesidade pode ter um fator genético”, ressalta Renata.

Fonte: AI, adaptado pela equipe Cães&Gatos VET FOOD.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

IMPORTÂNCIA DE ALIMENTOS QUE AUXILIAM O TRATAMENTO DE DOENÇAS EM PETS É DESTACADA PELA ABINPET

CERCA DE TRÊS MIL PROFISSIONAIS FORAM CAPACITADOS COM A CARAVANA OUROFINO