in

Especialistas alertam sobre doenças que atingem animais braquicefálicos

Esses animais sofrem de graves dificuldades respiratórias, infecções, entre outras doenças

De maneira a conscientizar médicos-veterinários, a European Federation Of Companion Animal Veterinary Associations (FECAVA) elaborou um vídeo que reúne apelo às pessoas, para que não adquiram animais braquicefálicos.

A FECAVA enfatiza que a popularidade de cães como, pugs e bulldogs franceses, aumentou na última década. A entidade nota que a tendência está se estendendo a gatos, coelhos e até cavalos.

Vale ressaltar que “a forma corporal destes animais leva a graves dificuldades respiratórias, infecções de pele, traumatismo ocular, doença espinhal e paralisia, problemas dentários (que podem ser fatais para coelhos e cavalos) e problemas fundamentais com a reprodução”, explica a organização.

A fundadora da campanha Vets Against Brachycephalism, Emma Milne, salienta: “Os médicos-veterinários de todo o mundo me procuraram descrevendo o desgosto que sentem ao ver estes animais sofrendo diariamente, simplesmente por causa da sua raça”.

Já para a presidente do FECAVA Welfare Group, Ann Criel, “este vídeo conta a história, não só dos problemas de saúde devastadores destes animais e do desgosto para os seus titulares, mas, também, do impacto que tem nos médicos-veterinários que tentam ajudar esses animais”.

Fonte: Veterinária Atual, adaptado pela equipe Cães&Gatos VET FOOD.

LEIA TAMBÉM:

Médica-veterinária explica a diferença entre animais comunitários e abandonados

Profissionais do CRMV-SP alertam sobre rações e refeições ofertadas aos pets

Gestão: Diretoria eleita para triênio 2021-2024 toma posse na sede do CRMV-RS

doença em animais da raça braquicefálica
(Foto: reprodução)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

gato ouvindo

Pesquisa defende que gatos conseguem localizar tutores por meio de sons

ração para gatos contra alergia

Purina desenvolve ração para gatos que ajuda a diminuir a alergia de humanos