in

EVENTOS REALIZADOS EM TODO O MUNDO MARCAM O DIA DA SAÚDE ÚNICA

03 de novembro visa melhorar a relação entre humanos, animais e ambiente

Como uma forma de conscientizar a população da importância da defesa da saúde humana, animal e ambiental, este ano é promovido, pela primeira vez, o Dia da Saúde Única. A data escolhida pela One Health Commission (Comissão de Saúde Única) para celebrar o tema foi 03 de novembro, dia em que instituições de todo o mundo foram convidadas para organizar e oferecer eventos voltados à população e a profissionais de diversas áreas da saúde e da ciência.

O Dia da Saúde Única é descrito como um dia de declaração e de ações para trazer sempre que possível a atenção global para a necessidade para os benefícios de se adotar abordagens interdisciplinares nos desafios envolvendo animais, pessoas e ecossistemas. Estima-se que quase 75% de todas as doenças infecciosas emergentes que afetam os humanos nas últimas três décadas tiveram origem em animais.

A intenção da iniciativa é unir o maior número de indivíduos possível das diversas áreas em eventos de conscientização e educação, inspirando novos projetos em todo o globo. O Dia da Saúde Única procura, ainda, incentivar a determinação política necessária para promover uma mudança na abordagem dos problemas de saúde do mundo. “Este dia vai chamar a atenção para a necessidade de ações integradas de Saúde Única e permitir que o mundo as vejam em ação”, descreve o site da Comissão de Saúde Única.

0311 (1)

Papel do médico-veterinário é fundamental para o alcance da Saúde Única em todo o mundo (Foto: reprodução)

O empreendimento reúne 129 projetos cadastrados em todos os continentes, que abordarão estratégias interdisciplinares para abordar problemas como doenças infecciosas emergentes, resistência antimicrobiana, mudanças climáticas, poluição e diversos outros problemas.

No Brasil serão promovidos três eventos. O Departamento de Medicina Veterinária da Universidade Federal de Lavras (UFLA, Lavras/MG) realiza até o dia 09 a I Jornada sobre Saúde Única da UFLA, um evento gratuito e aberto ao público. Em Campo Grande (MS), o Encontro sobre Saúde Única da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS) oferece palestras sobre a importância de morcegos no ambiente e o papel desses animais na disseminação de doenças.

O dia conta, ainda, com o seminário “Abordagem ‘One Health’ na resolutividade de problemas complexos de saúde envolvendo pessoas, animais e o meio ambiente”, da Associação Brasileira de Profissionais de Epidemiologia de Campo (Proepi, Brasília/DF), que será oferecido pela internet e contará com a moderação do médico-veterinário do Instituto de Ciências Biológicas da Universidade Federal de Minas Gerais (ICB -UFMG, Belo Horizonte/MG), David Soeiro, e com a participação da profissional da Comissão Nacional de Saúde Pública Veterinária, do Conselho Federal de Medicina Veterinária (CFMV, Brasília/DF), Adriana Vieira.

Fonte: CFMV, adaptado pela equipe Cães&Gatos VET FOOD.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2016 REGISTRA TENDÊNCIA DE CRESCIMENTO NO MERCADO PET FARMACÊUTICO

ZOETIS VISITA REGIÕES BRASILEIRAS EM EVENTOS DE APRESENTAÇÃO DO APOQUEL