in

EXTRUSORA PET TEM CAPACIDADE DE PRODUÇÃO DE 10 MIL KG POR HORA

Empresa produz equipamentos para fabricação de alimentos para pets e peixes

Com a missão de realizar serviços de manutenção industrial por meio de usinagem de peças para diversos segmentos da área industrial, em 1964, surgiu a Manzoni Industrial (Campinas/SP). Após anos de atuação no setor de papel e celulose, têxtil, automotivo e outros, a empresa conquistou o reconhecimento de seus clientes e se especializou no segmento, passando a fornecer peças para a toda a linha de produção, desde moinhos até extrusoras, secadores e resfriadores.

A empresa foi uma das expositoras da Feira Internacional da Agroindústria (FIAI), organizada pela Editora Stilo (São Paulo/SP), realizada paralelamente ao XVI Congresso CBNA Pet, organizado pelo Colégio Brasileiro de Nutrição Animal (CBNA, Campinas/SP), que ocorreu nos dias 10 e 11 de maio. Como destaque na exposição, a Manzoni deixou a mostra uma de suas extrusoras de média e grande produção de alimentos para pets e peixes.

A C&G VF conversou com o gerente Comercial da Manzoni (Campinas/SP), Francisco Cardelli Netto para entender um pouco mais sobre o equipamento: “A MEX 10000 produz 10 mil kg de ração por hora. Trouxemos o conjunto completo da extrusora para que o mercado conhecesse a qualidade do nosso produto final”, menciona.

manzoni

Para o gerente Comercial da empresa, participar de feiras é importante pelo network (Foto: C&G VF)

A extrusora, segundo Cardelli Netto, é automatizada e possui um painel touch screen, onde o profissional pode controlar todo o equipamento por meio do software. “Existem muitos equipamentos parecidos com este no mercado, mas primamos pela alta qualidade e tecnologia em primeiro lugar, para produção de alimentos diferenciados de alto padrão, conta.

A Feira superou as expectativas da Manzoni, como comenta o gerente: “O movimento foi acima do que esperávamos e as pessoas presentes são, realmente, do segmento”, descreve. O objetivo da empresa em eventos como este, segundo ele, é divulgar e difundir a marca a nível mundial. “Inclusive, além de estarmos no Brasil, já temos alguns clientes da América Latina e América Central, como México, Chile, Argentina, Uruguai, além de Europa. Participar dessas feiras é importante pelo network. A venda em si nós buscamos externamente, o essencial aqui é fazer contatos”, declara.

Fonte: Redação Cães&Gatos VET FOOD.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CBNA PET TRAZ DEBATES SOBRE MERCADO DE NUTRIÇÃO EM SEGUNDO DIA DE EVENTO

PET SOUTH AMERICA FECHA PARCERIA INÉDITA COM A NAVC