in

FALTA DE ATIVIDADE FÍSICA PODE SER FATOR DE ANSIEDADE NOS CÃES

Ambientes estressantes e o excesso da humanização também prejudicam

Separação, falta de atividade física, obesidade, ambientes cada vez menores, solidão, ambientes estressantes e, até o próprio excesso da humanização, podem afetar o psicológico dos animais, impulsionando-os a ter hábitos indesejáveis e autodestrutivos.

petiscocalm

Snack Freed Dried Calm, da Equilíbrio, pode auxiliarna tentativa de resolver o problema (Foto: divulgação)

Segundo o veterinário da Equilíbrio, da Total Alimentos (Três Corações/MG), Marcello Machado, os sinais de um cão ansioso variam de acordo com cada pet. “Eles podem se tornar desde deprimidos a agitados e agressivos. Também não é incomum a coprofagia, o hábito de comer fezes. Existem casos de distúrbios autodestrutivos, que se instalam como automutilação e até patologias dermatológicas e intestinais podem aparecer”, explica. 

Ainda de acordo com ele, na maioria dos casos, tanto a solução quanto o problema encontram-se nas mãos do próprio tutor. Para isso, algumas mudanças de conduta são fundamentais. “Mudar a forma como o pet é tratado dentro de casa, adequação do ambiente, aumentar as atividades e entretenimento, auxiliam muito na redução do problema”, afirma. 

Se o problema não for resolvido com mudanças na rotina do cão, Machado aconselha recorrer a um especialista, que poderá avaliar o quadro mais a fundo e indicar o melhor tratamento. “A acupuntura vem sendo utilizada como alternativa terapêutica em diversos casos. Em relação aos fármacos psicotrópicos, os mesmos são utilizados em casos extremos e quando se esgotam todas as alternativas. O tripofano, que é uma substância natural, vem sendo administrado amplamente com sucesso, juntamente com a mudança de manejo. O triptofano, inclusive, pode ser encontrado em snacks de agrado, enriquecido com a substância, como o snack Freed Dried Calm, da Equilíbrio”, finaliza. 

Fonte: AI, adaptado pela equipe Cães&Gatos VET FOOD.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CÃES DE GRANDE PORTE TÊM MENOR EXPECTATIVA DE VIDA QUE OS DE RAÇAS MENORES

DIANA PET FOOD OFERECE SOLUÇÕES SEGURAS E CONFIÁVEIS AO MERCADO