Buscar na cães e gatos

Pesquisar
Close this search box.
- PUBLICIDADE -
Pets e Curiosidades

GATOS DEVORARIAM SEUS TUTORES SE FOSSEM DO TAMANHO DE LEÕES

Por Equipe Cães&Gatos
taamnho
Por Equipe Cães&Gatos

Muitos tutores de gatos se deparam com seus pets brincando com um pássaro e, sem saber, está assistindo, praticamente, o mesmo drama da matança de um gnu por um leão na savana africana. De acordo com os especialistas em grandes felinos e defensores de sua preservação, Beverly e Dereck Joubert, a única diferença significativa entre o gato doméstico e os grandes felinos é o tamanho. “Se teu gato fosse do tamanho de um leão, ele te devoraria”, afirmam os Joubert. 

leao

É provável que, em 20 anos, já não existammais leões em liberdade (Foto: reprodução)

Os pesquisadores realizaram um trabalho para comparar o comportamento desses animais com seus primos pequenos, os gatos domésticos. O resultado é um documentário, dentro da série A alma dos felinos (Nat Geo Wild). O documentário acompanha um gato doméstico em suas andanças e rondas cotidianas. O material mostra o gato Smokey fazendo tudo o que fazem os gatos, hábitos idênticos aos que fazem seus grandes primos felinos. Os Joubert admitem que o pet apresenta algumas diferenças em relação aos leões. “Os gatos não são sociáveis como eles. Provavelmente, o mais próximo nesse aspecto seja o leopardo”, contam e ainda citam que os gatos são os únicos felinos que ronronam de verdade, algo que não se sabe muito bem para que serve. 

O documentário fez parte do Mês dos Grandes Felinos, programação especial do canal de TV por assinatura Nat Geo Wild, destinada a alertar que a maioria das espécies de grandes felinos se encontra entre os animais mais ameaçados do planeta. Os Joubert protagonizaram campanhas de conscientização sobre o risco real da ausência desses animais e criaram, em 2009, a associação Big Cats Initiative, que trabalha pela proteção dos grandes felinos e seu ecossistema. “O tempo se tornou precioso no que concerne aos grandes felinos”, afirma Dereck Joubert. Ele revela que restam apenas 20 mil leões no mundo e o número continua caindo. “É muito provável que, em 20 anos, já não existam em liberdade”, aponta.

Fonte: El País, adaptado pela equipe Cães&Gatos VET FOOD.

NewsLetter

Cadastre-se agora e receba nossos boletins e atualizações em seu email. 

Integração
Captcha obrigatório
Seu e-mail foi cadastrado com sucesso!