in

HOMEOPATIA VETERINÁRIA TRATA ALTERAÇÕES COMPORTAMENTAIS DE ANIMAIS DOMÉSTICOS

Em algumas situações, os resultados são superiores aos dos tratamentos convencionais

Você já ouviu falar em homeopatia na veterinária? E em tratar distúrbios comportamentais do seu animal de estimação com remédios que não são tóxicos? Especialidade reconhecida pelo Conselho Federal de Medicina Veterinária (CFMV, Brasília/DF), a Homeopatia Veterinária permite tratar qualquer espécie animal, desde os domésticos e de produção até animais silvestres e os exóticos.

No caso dos animais de companhia e de trabalho, a Homeopatia Veterinária vai além de um tratamento quando surge uma doença. A médica-veterinária Mônica Filomena explica que a homeopatia também trata as alterações comportamentais, como medo, agressividade, excesso de latido e, até mesmo, aqueles animais indóceis. “É um tratamento barato, sem efeitos colaterais de intoxicação pela droga e sem risco de resistência ao princípio ativo”, diz.

Outro ponto positivo é a facilidade de administração. Os complexos homeopáticos podem ser borrifados sobre a água ou o alimento, misturado à ração ou suplemento mineral, no caso dos animais de produção.

Para quem acha que homeopatia demora para apresentar resultados, Mônica Filomena explica que não é bem assim. “Depende do tempo que o animal tem a doença. Se for uma doença crônica, como uma dermatite de anos, vai demandar de alguns dias a alguns meses. Problemas agudos ou comportamentais levam horas para serem resolvidos”, conta.

A homeopatia atua bem em todos os casos clínicos em cães e gatos. Em algumas situações, os resultados são superiores aos dos tratamentos convencionais, com os medicamentos tradicionais. No caso dos distúrbios comportamentais, a homeopatia é, praticamente, a única solução. Medo de rojão, trovão, agressividade, latidos constantes, depressão pela viagem dos proprietários ou pela chegada de um bebê são alguns casos que podem ser tratados pela Homeopatia Veterinária.

Fonte: MSN Notícias, adaptado pela equipe Cães&Gatos VET FOOD.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

DOAÇÃO DE SANGUE PARA ANIMAIS AINDA É BAIXA DIANTE DA NECESSIDADE NA ROTINA CLÍNICA

PÓS-GRADUANDA DA UNESP DESENVOLVE ESTUDO PARA ENTENDER OS DESEJOS DOS ANIMAIS