in

IMPORTÂNCIA DA VACINAÇÃO PARA GATOS É FRISADA EM CAMPANHA DA ZOETIS

Pets devem ser vacinados contra raiva, panleucopenia, calicivirose, rinotraqueíte, clamidiose e leucemia felina

Pensando no bem-estar e na prevenção de doenças que podem ser fatais ou debilitar a rotina do gato, a Zoetis (São Paulo/SP) inicia sua campanha de conscientização da vacinação em gatos. A partir do segundo mês de vida e logo após o desmame, os gatos já podem começar a ser vacinados. É importante lembrar que o filhote precisa ser avaliado pelo médico-veterinário, pois, antes de começar com o processo de vacinação, ele deve estar desparasitado e vermifugado. 

Segundo a médica-veterinária e gerente de Produto da Zoetis, Fabiana Avelar, as vacinas devem ser aplicadas em filhotes e adultos, respeitando as pausas entre as doses de bula para um efeito eficaz. “Temos, em nosso portfólio, vacinas para a prevenção da panleucopenia, calicivirose, rinotraqueíte, clamidiose, leucemia felina e raiva. Doenças comuns que são transmitidas aos felinos e que podem ser evitadas por meio de vacina”, explica a profissional.

Para oferecer maior tranquilidade aos médicos-veterinários, a Zoetis possui o programa Proteção Garantida. De acordo com o programa, caso um animal tenha sido vacinado contra determinada doença, utilizando os produtos da empresa e posteriormente for diagnosticado com a mesma doença, a Zoetis dará o suporte necessário ao profissional responsável pelo animal, a realização dos exames laboratoriais e despesas relacionadas ao tratamento (internações e medicações) nos casos devidamente comprovados e de acordo com o regulamento do programa. 

Fabiana conta que o programa Proteção Garantida é mais uma forma da Zoetis apoiar os veterinários, trazendo mais segurança e confiança na hora de vacinar os animais. “Nosso objetivo é oferecer vacinas de qualidade e tranquilidade ao profissional veterinário em relação aos animais de estimação sob os seus cuidados, os quais sabemos que são considerados membros de tantas famílias. Além disto, o programa promove o diálogo com o proprietário e a conscientização da vacinação para prevenir importantes doenças, muitas delas zoonoses que podem contagiar as pessoas, garantindo longevidade e bem estar aos animais”.

Fonte: AI, adaptado pela equipe Cães&Gatos VET FOOD.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

MUSEU DE ANATOMIA VETERINÁRIA DA USP DIVULGA ARQUIVOS MULTIMÍDIAS EM PLATAFORMA NA INTERNET

MÉDICOS-VETERINÁRIOS PARTICIPAM DE PALESTRAS TÉCNICAS UNIVERSIDADE DE ILLINOIS