in

HIPERTENSÃO ARTERIAL PULMONAR SECUNDÁRIA CANINA EXIGE MAIOR ATENÇÃO

Artigo ressalta aquisição de novos conhecimentos para lidar com o problema

Artigo ressalta aquisição de novos conhecimentos para lidar com o problema

Definida como uma elevação anormal e persistente da pressão arterial pulmonar, a hipertensão pulmonar secundária em cães exige muita atenção dos profissionais da Medicina Veterinária. Contudo, ainda demanda de maior destaque.

Segundo artigo compartilhado na edição de dezembro da revista C&G VF, ao longo dos anos, o número de casos aumentou devido, em parte, à aquisição de novos conhecimentos. “Porém, o diagnóstico desta doença ainda é esquecido, devido à sua ampla apresentação clínica inespecífica como taquipneia, estresse respiratório, sincope e insuficiência cardíaca congestiva direita ou simplesmente a ocorrência de morte súbita”, explica o material.

Contudo, ainda segundo o texto, as descobertas sobre a doença têm aumentado a expectativa e qualidade de vida dos pacientes diagnosticados com o problema. “A ecocardiografia tornou-se o meio mais comum de diagnóstico de hipertensão pulmonar em animais de companhia, normalmente por meio da avaliação do gradiente de pressão da regurgitação tricúspide”, ressalta.

Quer saber mais quais são os novos passos para a identificação do problema e quais as práticas e tratamentos?  Leia o artigo completo na editoria Especialidade (cardiologia) na edição de dezembro da C&G VF. Clique aqui.

Fonte: Redação Cães&Gatos VET FOOD. 

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

0

Comments

0 comments

VETERINÁRIA DESTACA PONTOS DE ATENÇÃO SOBRE CINOMOSE CANINA

ARTIGO APONTA AS PRINCIPAIS AFECÇÕES ODONTOLÓGICAS EM MACACOS-PREGO