in

Purina Brasil amplia mercado e passa a exportar aos EUA, Europa, Rússia e China

Em 2020, após mudanças no portfólio, marca cresceu duplo dígito no Brasil

Em 2020, após mudanças no portfólio, marca cresceu duplo dígito no Brasil

Em destaque no mercado externo, Purina Brasil conquista certificação para exportar aos EUA, Europa, Rússia e China. Em 2021, marca espera triplicar o volume embarcado.

Segundo conteúdo divulgado à imprensa, globalmente e na Zona Américas, os produtos da Purina foram um dos principais impulsionadores dos bons resultados da Nestlé em 2020. “Mesmo diante da pandemia, os produtos da marca registraram crescimento de vendas que, no Brasil, deve atingir dois dígitos no ano. No País, a marca também fez grandes inovações e renovações em seu portfólio, trazendo 12 novidades para o portfólio brasileiro, incluindo alimentos úmidos para cães e gatos; produtos reforçados ou para dietas veterinárias com necessidades especiais e ampliação de itens para snacks”, destaca o comunicado.

Também é ressaltado pelo informativo que os bons resultados fazem parte do investimento de mais de R$ 500 milhões realizados na unidade produtora de Purina em Ribeirão Preto (SP), que atualmente é a única fábrica da América Latina que possui três tipos distintos de tecnologia para Pet Food: alimentos secos, alimentos úmidos e treats (petiscos).

“A fábrica possui uma tecnologia proprietária e patenteada como um importante diferencial competitivo na parte de fabricação de alimentos úmidos, que possibilita preservar pedaços semelhantes ao da carne, conferindo maior naturalidade ao produto e adequada nutrição para cães e gatos. A inovação, resultado de desenvolvimento científico no Centro Nestlé Purina, vem acompanhada de um rigoroso sistema de controle automatizado que assegura a qualidade e a segurança do alimento”, explica o conteúdo.

Vale destacar que a planta foi certificada pelo Ministério de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) como habilitada para exportar para os EUA, Europa, Rússia e China, o que segundo a Nestlé, deve abrir novos mercados para a companhia em 2021.

Atualmente, a Purina Brasil já tem habilitação e exporta para oito países da América Latina: Argentina, Chile, Colômbia, Peru, Equador, Paraguai, Uruguai e Bolívia. Este ano, mais três países da região devem integrar esse rol: República Dominicana, Venezuela e Trinidad e Tobago.

Fonte: A.I, adaptado pela equipe Cães&Gatos VET FOOD.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

0

Comments

0 comments

Conselho Veterinário publica Manual Nacional de Fiscalização do Sistema CFMV/CRMVs

Dietas para gatos senis devem levar em consideração alterações no organismo