in

Conhecimento, planejamento e networking devem ser aliados do recém-formado

Profissional afirma que saber se organizar e planejar são ações imprescindíveis no mercado atual

Profissional afirma que saber se organizar e planejar são ações imprescindíveis no mercado atual

Para muitos, encerrar a graduação é um momento repleto de dúvidas e incertezas, já que nem todo recém-formado sai da universidade sabendo como empreender ou se desenvolver na carreira. Tendo em mente este cenário, conhecimento, planejamento e networking podem ser grandes aliados.

De acordo com professor, administrador e terapeuta comportamental, Anderson Scherer que leciona na Universidade Anhembi Morumbi (São Paulo/SP) as disciplinas de Gestão de Saúde, Projeto Integração Saúde Comunidade e Comunicação Clínica Veterinária, saber se organizar e planejar são ações imprescindíveis.

“A que os alunos mais torcem o nariz, Gestão, é fundamental. É preciso que se tenha não só noções, mas o aprofundamento na área de administração, pois o indivíduo deve saber como organizar e planejar um negócio. Também abordamos conteúdos sobre áreas de Recursos Humanos, que mostra como funciona os setores e áreas dentro da administração de um dos recursos mais complexos, que é o fator humano, portanto, é fundamental que o aluno saia da universidade preparado para atuar dentro de qualquer organização, setor na área da Veterinária”, diz o profissional.

Ainda segundo ele, há muitos artigos e dados que mostram que empresas mal administradas têm uma vida muito curta. “Por isso, a universidade possui um papel fundamental para impulsionar o início da carreira do aluno para o mercado. Atualmente, na universidade que leciono, temos diversas formas de incentivar o aluno e auxiliar nesse processo. Primeiro, é ter a oportunidade, desde o início do curso, de ter contato com o mercado, onde o estudante pode realizar estágios desde o segundo semestre; assim, ele começa a ter contato com algumas rotinas de administração, como processos operacionais (que é fundamental para que a empresa funcione bem), logística, controle de serviços, controle de estoque (pois temos alunos atuando dentro do centro cirúrgico e necessitam controlar os medicamentos). Também temos um serviço de apoio à carreira, em que o aluno tem a oportunidade de consultar professores, como mentores, que podem auxiliar no desenvolvimento profissional, palestras com empresas do setor, entre outros”, explica Scherer.

Ficou interessado? Leia a matéria completa na edição de janeiro da C&G VF. Clique aqui.

Fonte: Redação Cães&Gatos VET FOOD. 

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

0

Comments

0 comments

Setor de medicamentos para pets deve voltar a crescer em 2021, aponta Comac

Sociedade Catarinense de Medicina Veterinária critica oferta de curso em formato EaD