in

Sociedade Catarinense de Medicina Veterinária critica oferta de curso em formato EaD

Nota afirma que iniciativa da Unifacvest foi uma surpresa

Nota afirma que iniciativa da Unifacvest foi uma surpresa

Em reprovação ao oferecimento de curso de graduação em Medicina Veterinária na modalidade Educação a Distância (EaD), Sociedade Catarinense de Medicina Veterinária de Santa Catarina, (SOMEVESC) divulgou nota de repúdio.  Iniciativa é ofertada pela instituição de ensino do Estado Unifacvest

Segundo o conteúdo, assinado pelo presidente da SOMEVESC, Adil Knackfuss, o oferecimento do curso no formato EAD foi uma surpresa para todos. “Este assunto foi centro de discussões em 2019, tendo sido repudiado pela Sociedade Catarinense de Medicina Veterinária (SOMEVESC), pelos Conselhos Federal e Regional de Medicina Veterinária (Sistema CFMV/CRMVs) e por outras entidades representativas da área da saúde, por considerarem inexequível a oferta de uma educação e formação profissional de qualidade, exclusivamente na modalidade EaD na área da saúde”, explica o informativo.

Ao longo da nota, o presidente também pontua que as entidades representativas consideram ser imprescindível que os cursos de graduação em Medicina Veterinária sejam presenciais, diurnos, em tempo integral e com dedicação exclusiva.  “Somente assim, pode-se oferecer ao estudante o contato direto com seus professores, elevada e indispensável carga horária voltada para atividades práticas ao longo do curso, bem como estágios de aprendizagem e metodologias ativas e estratégias de aprendizagem que diferenciam a Medicina Veterinária e demais profissões da área da saúde”, ressalta, pontuando que assim, garante que a sociedade em geral receba profissionais de qualidade, com a formação sólida necessária para prestar serviços confiáveis ao público.

Referente a iniciativa criticada, Knackfuss Vaz reforça que a Sociedade entende que a pandemia levou à busca de novas soluções, “mas que estas não prejudiquem o andamento dos cursos”. “Que se adotem adequações para formação da graduação em termos de estratégias temporárias de ensino remoto, não necessariamente na modalidade EaD, de forma a não prejudicar as gerações futuras de médicos-veterinários, nem a sociedade que depende dos conhecimentos e serviços por eles ofertados”, finaliza, afirmando que a expectativa é que a pandemia não seja um pretexto para generalizar essas medidas emergenciais, que no longo prazo prejudicam a profissão e a sociedade.

Para ler a nota completa, acesse o site oficial no CFMV. Clique aqui.

Fonte: CFMV, adaptado pela equipe Cães&Gatos VET FOOD.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

0

Comments

0 comments

Conhecimento, planejamento e networking devem ser aliados do recém-formado

CRMV-SP ressalta importância de atualizar dados cadastrais no Sistema CFMV/CRMVs