Buscar na cães e gatos

Pesquisar
Close this search box.
- PUBLICIDADE -
Inovação e Mercado

INDÚSTRIA PET NACIONAL ATRAVESSA CRISE ECONÔMICA COM MENOS EXPORTAÇÕES

INDÚSTRIA PET NACIONAL ATRAVESSA CRISE ECONÔMICA COM MENOS EXPORTAÇÕES Empresas do projeto Pet Brasil, porém, exportaram mais no mesmo período
Por Equipe Cães&Gatos
Por Equipe Cães&Gatos

Empresas do projeto Pet Brasil, porém, exportaram mais no mesmo período

- PUBLICIDADE -

As exportações de produtos pets no acumulado de janeiro a maio deste ano caíram 5% em relação ao mesmo período do ano passado, refletindo o cenário de desaquecimento do setor. Foram US$ FOB 81,9 milhões exportados em 2017 contra US$ FOB 86,3 milhões nos cinco primeiros meses de 2016. Os dados são da Associação Brasileira da Indústria de Produtos para Animais de Estimação (Abinpet, São Paulo/SP) e incluem alimentação, produtos de higiene e beleza, medicamentos veterinários e comercialização de animais vivos. 

exportar

Apesar da instabilidade econômica atual,o Brasil ainda é um dos principais países domercado pet mundial (Foto: reprodução)

No entanto, os valores relacionados às empresas que participam do projeto Pet Brasil, iniciativa da Abinpet e da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), cresceram 13,7% no período e fecharam em US$ FOB 23,2 milhões, ante US$ FOB 20,4 milhões de 2016. 

O projeto setorial Pet Brasil foi desenvolvido para auxiliar e orientar empresas que queiram exportar seus produtos e também divulga, no mercado internacional, o potencial da indústria brasileira. 

O histórico das exportações nos últimos anos é reflexo da crise econômica do País. Em 2016, as exportações somaram US$ FOB 236,3 milhões, o menor valor dos últimos seis anos, 33% mais baixo quando comparado ao ano anterior. Em 2015, foram exportados US$ FOB 351,4 milhões. Mas, em relação às importações de pet food para cães e gatos, por exemplo, o quadro é mais estável nos dois últimos anos. Em 2016, o Brasil importou 1,6% a mais do que em 2015, passando de US$ FOB 6,6 milhões para US$ FOB 6,7. 

Apesar da instabilidade econômica atual, o Brasil ainda é um dos principais países do mercado pet mundial situando-se em terceiro lugar e representando 5,14% de um total de US$ 105,3 bilhões de faturamento em 2016. Os Estados Unidos lideram a lista, com 42,2% do faturamento total, seguidos por Reino Unido (5,8%), Alemanha (5,09%), Japão (4,9%), França (4,7%), Itália (3,2%), Austrália (2,6%), Canadá (2,43%) e Rússia (2,36%).

Fonte: AI, adaptado pela equipe Cães&Gatos VET FOOD.

Compartilhe este artigo agora no